A importância do Marketing na área Médica Barbacena, Minas Gerais

A classe médica tambem esta enxergando a importancia e necessidade do marketing.Hoje não basta a excelência técnica, é preciso que o profissional da saúde tenha novas competências para alcançar um diferencial e superar a grande concorrência

Fisk Centro de Ensino-Inglês e Espanhol
(35) 3222-3339
Praça José de Rezende Paiva,75
Varginha, Minas Gerais
 
BANDA NOVA FACCE
O34 3219 6245 0U 9209 5006 CARECA
UBERLANDIA MINAS
UBERLANDIA, Minas Gerais
 
Óbvio Comunicação Social e Eventos Ltda
(33) 3277-9766
Rua Bárbara Heliodora, 399 - sala 712 - Centro
Governador Valadares, Minas Gerais
 
Rs publicidade & serviços
(31) 3621-8148
av coletora 4 , 392
vespasiano, Minas Gerais
 
Gepontoge Propaganda Ltda
(34) 3219-9776
r Eduardo Oliveira, 418, Lidice
Uberlandia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
faixas & Cia Ltda
035-8833-1531
Rua justino ribeiro silva nº 43 , bairro açude
itajubá, Minas Gerais
 
Silvia Nogueira Perfumes
(034) 3215 69-57
edson gonçalves
uberlandia, Minas Gerais
 
Gerdau S/A
(32) 3239-6800
av Juscelino Kubitschek, 921, Gp 3, Industrial
Juiz de Fora, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Sim Propaganda e Publicidade Ltda Me
(31) 3281-0620
av Londres, 49, Lj 101 Sl 2, Eldorado
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Amigos das Letras de Sete lagoas
(31) 3773-3767
Rua Rio Juruá 129
Sete Lagoas, Minas Gerais
 
Dados Divulgados por

A importância do Marketing na área Médica

A palavra marketing tem um quê pejorativo e cheio de mistérios para a classe médica e também é assim para a maioria dos profissionais que labutam no setor saúde, sejam fisioterapeutas, psicólogos, enfermeiros, dentistas, bioquímicos, entre outros. É claro que os conselhos de classe exercem profunda influência nessa predisposição negativa, todavia, a cada dia que passa centenas de novos profissionais são lançados ao mercado em seus vários segmentos e todos precisam de alguma forma encontrar um lugar ao sol. Como faze-lo? É preciso atualizar conceitos, por mais complicado que isso possa parecer. Em resumo: novas palavras para novos pensamentos!

O vocábulo paciente está impregnado com a idéia de agente passivo que busca um auxílio de um profissional, tido já até como um celibato como é o caso da medicina.

Hoje não basta a excelência técnica, é preciso que o profissional da saúde tenha novas competências para alcançar um diferencial e superar a grande concorrência.

Fred Cohrs, um gestor da saúde, lembra que a visão atual é trazer os profissionais da saúde à responsabilidade das suas profissões e tratar o paciente com mais participação na consulta, ouvi-lo com atenção, examiná-lo com atenção e cuidado, negociar preços de procedimentos diagnósticos e terapêuticos, oferecer boas condições para que ele possa ser atendido pelo profissional. Então, começa a necessidade de uma nova denominação, a de cliente.

O cliente questiona, troca de fornecedor, não é fiel ao fornecedor e à marca, reclama mesmo que o serviço ou produto estejam adequados, mas não satisfizeram a expectativa do mesmo.

O contrário acontece com os clientes que tiveram suas expectativas alcançadas, seja na adesão ao tratamento proposto, seja na recomendação do serviço à sua rede de relacionamento, viabilizando o crescimento do profissional no mercado onde atua.

Esta é uma justificativa plausível para a mudança de uso da palavra paciente para cliente.

Sobre o Autor
Gestão

Artigos.com