Acreditando no seu potencial! Rio Branco, Acre

Os grandes realizadores são homens que sonharam alto e acreditaram na realização dos seus sonhos, agindo persistentemente para torná-los reais. Três forças principais, além de outras, foram utilizadas sempre: imaginação, fé e ação.

Sociedade Educativa Acreana Ltda
(68) 3026-1717
av Getúlio Vargas, 1268, An 2 Sl 202, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
UFAC
(68) 3901-2571
rdv BR-364, 4000, Km 4, Dis Industrial
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
M. S. Pre-vestibular Ltda
(68) 3224-0726
r Venezuela, 658, Cerâmica
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
R. L. P. dos Santos - Me
(68) 3221-2301
r Deodoro,Mal, 236, 2 An, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Faculdade Barão do Rio Branco
(68) 3213-7070
rdv BR-364, 2000, Km 2, Dis Industrial
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
A F Carneiro
(68) 3224-1946
r Bartolomeu Bueno, 163, Cs, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
SESI - Serviço Social da Indústria - AC
(68) 3212-4200
av Nações Unidas, 3727, Estação Experimental
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Instituto de Ensino Superior do Acre
(68) 3244-1282
tr Ponta Pora, 100, Capoeira
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
(68) 3223-3678
av Epaminondas Jacome, 1260, Base
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Faculdade da Amazônia Ocidental
(68) 2106-8200
etr Dias Martins, 894, Ch Ipê
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Acreditando no seu potencial!

Nós temos sonhos e ideais grandiosos. Sonhamos com a vitória, com o sucesso e a realização de nosso projeto de vida. Partindo desse pressuposto, podemos deduzir facilmente que tudo o que sonhamos é realizável porque não existe nada que seja impossível.

Muitas vezes; achamos que não somos capazes de realizar os nossos sonhos por causa das circunstâncias desfavoráveis que nos afetam. Achamos que não merecemos, que não somos dignos... Mas isso significa limitar o nosso potencial infinito. Devemos eliminar esses conceitos negativos com respeito a nossa capacidade de realização.

Somos pequenos e grandes ao mesmo tempo. Muitos pensadores costumam dizer que somos do tamanho de nossos sonhos. E isso é uma grande verdade. Não existem limites para a nossa capacidade de sonhar e por conseguinte; realizar.

O homem criou praticamente tudo aquilo que imaginou com coerência. Veja o aparato tecnológico que você tem nesse momento ao seu alcance. O telefone, a energia elétrica, a luz, a transmissão de sons, imagens e outros tipos de dados à longa distância. Tudo isso surgiu das idéias de visionários sonhadores que acreditaram naquilo que todos julgavam de antemão, impossível.

Os grandes realizadores são homens que sonharam alto e acreditaram na realização dos seus sonhos, agindo persistentemente para torná-los reais. Três forças principais, além de outras, foram utilizadas sempre: imaginação, fé e ação. São esses os ingredientes básicos utilizado na confecção dos sonhos. Imaginação e fé, juntas acionam a Essência Universal Criadora que estabelece os meios propícios para desenvolvermos as ações concretas que trazem o "ideal" ao plano material.

Fomos criados com a missão de crescer em todos os sentidos, sempre. Temos o poder de imaginar e com isso, criar coisas, aperfeiçoando a Grande Obra da Criação. Por isso; frear os sonhos em nome de uma tranqüilidade ilusória, significa decretar a própria morte da nossa essência cósmica.

Ao desistir de um sonho, segue-se a mortificação dos processos criadores da alma e somos inundados por uma profunda melancolia que nos leva a ter baixa auto-estima, ansiedade, tristeza, depressão e todo tipo se sentimentos baixos e destrutivos. É preciso sonhar - sempre - para manter viva a chama do entusiasmo que brota da alma.

Passamos uma existência inteira acreditando que existem pessoas que choram de alegria... até nós mesmos acreditamos em certo momento de nossas vidas que choramos de alegria.

Como?

CHORAMOS PORQUE ACHAMOS NÃO SERMOS MERECEDORES DOS SONHOS REALIZADOS!!!!

Vamos exemplificar:

Busque dentro de você o exato momento em que você chorou acreditando que estava chorando por estar muito feliz.

Lembre-se do nascimento de um filho... quando você chorou compulsivamente, busque exatamente o porquê você chorou... será que foi mesmo de tanta alegria ou porque não se achava merecedor(a) de alcançar uma graça, um presente tão grandioso do Universo.

Nascemos e fomos criados para acreditar que não somos dignos de nada grandioso, da bondade de Deus, de sermos ricos, do perdão de nossos pecados, das nossas falhas.

O Universo não oferece nada ao qual não mereçamos...

A realização de um sonho começa a se concretizar quando o colocamos em prática através da idealização de um plano, projeto ou meta. A partir de nossas ações conscientes e planejadas; começamos a atrair energias de mesma freqüência vibratória que vão se estabelecendo em nosso campo energético, criando circunstâncias e meios favoráveis para a realização dos mesmos. Mas a ação é imprescindível; assim como a emoção é indispensável.

Tudo isso deve sempre estar aliado a um outro fator chave de suma importância: a persistência. Sem persistência a fé não resiste e a ação é interrompida. Na medida em que persistimos, melhoram-se as nossas expectativas com relação ao objeto de nosso ideal ou meta. Com isso, a cada dia nos tornamos mais confiantes, atingindo assim uma capacidade técnica maior e uma maior interação com os lampejos que surgem da intuição. Daí emerge finalmente o insight definitivo que nos brinda com a vitória.

Lembre-se desta grande verdade ensinada por grandes pensadores: Tudo aquilo que podemos imaginar, podemos realizar. É inadmissível acreditar que o Universo que desperta em nós os desejos da alma, seja incapaz de realizá-los. Isso seria admitir o Cosmos como um sistema incompleto e falho. Esqueça essa ideologia mesquinha sobre a vida. Compreenda que cada um de nós sempre realiza o que acredita, o que pensa e o que sonha, mesmo que de forma inconsciente. Ninguém quer o fracasso a doença ou a tristeza, mas muitas vezes atrai justamente aquilo que teme por não conhecer as Leis Universais.

E quando você for premiado com a indescritível sensação de alegria provocada pela realização de um sonho, não chore pelo que foi estabelecido em sua mente (o não merecimento). Se você permanecer desperto ao processo criativo, logo surgirão novas idéias que conduzirão a novos sonhos, cada vez maiores e maiores realizações também.

Sobre o Autor
•PhD em Administração de Empresas pela Flórida Christian University (EUA)
•PhD em Psicologia Clínica pela Flórida Christian University (EUA)
•Psicanalista e Diretora de Assessoria Geral da Sociedade de Psicanálise Transcendental.
•Mestre em Administração de Empresas pela USP.
•Especialista em Estratégias de Marketing em Turismo e Hotelaria pela USP, MBA em Gestão de Pessoas e Especialista em Informática Gerencial.
•Psicanalista voluntária na Casa de Apoio à Criança Carente com Câncer e na Universidade da Terceira Idade.
•Professora da FGV do Rio de Janeiro e de mais 03 universidades.
•Empresária no ramo moveleiro
•Responsável e Membro do Conselho Editorial da Revista Empresa Familiar.
•Coordenadora do grupo de Excelência de Empresa Familiar do Conselho Regional de Administração de São Paulo - CRA.
•Diretora da DS Consultoria S/S Ltda, especializada em Empresas Familiares.
•Conciliadora, Mediadora e Árbitra Empresarial.
•Membro do Conselho Editorial e responsável pela Revista Empresa Familiar.
•Autora do livro O Perfil do Empreendedor e co-autora do livro Empresa Familiar: Conflitos e Soluções, juntamente com Domingos Ricca, Roberto Gonzalez e José Bernardo Enéas Oliveira.
•Vários artigos publicados na área de Administração, Tecnologia da Informação e Psicanálise em revistas especializadas.

Artigos.com