Aprenda a gerir uma empresa Rio Branco, Acre

O autor destaca o funcionamento de jogos que simulam a gestão de empresas. Entenda porque esses jogos melhoram as habilidades dos executivos. "Os jogos de negócios são, em sua maioria no Brasil, programas de computadores", diz o autor.

Cia de Selva
(68) 3224-7428
r Copacabana - Cj Vl W Maciel, 301 Conjunto Waldemar Maciel
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Atual Publicidades
(68) 3226-4322
Est Dias Martins, 184 Res Petrópolis
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Visual Propaganda Ltda
(68) 3227-2233
r Engenheiros II, 227
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Alvo Propaganda
(68) 3244-2437
r 16 Outubro, 688 Quinze
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Uchôa Publicidade
(68) 3224-4814
av Antônio Rocha Viana, 1201 Isaura Parente
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Representações Mídia e Empreendimentos Ltda
(68) 3224-6257
av Getúlio Vargas, 613 Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Acre Publicidade
(68) 3224-4107
Tv Guarani, 260 Aviário
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
S & G do para Publicidade Ltda
(91) 3226-5177
tr Mariz e Barros, 2417, Belém
Belém, Pará

Dados Divulgados por
E-comunicação
(68) 3223-2631
Tv Amélia Araripe, s/n Aviário
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Uchôa Publicidade
(68) 3224-4814
av Antônio Rocha Viana, 1201 Isaura Parente
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Aprenda a gerir uma empresa

Introdução

Os simuladores de negócio ou jogos de negócio – business games em inglês – são ferramentas de apoio ao processo de aprendizagem, uma vez que permite estabelecer um ambiente virtual de negócios para que os executivos tenham a oportunidade de participar, através de um conjunto de decisões e melhorias do processo de gestão de uma empresa.

O propósito dos simuladores, é mostrar aos executivos da organização os aspectos-chaves que se devem ser levados em conta nas decisões para implantar as principais atividades durante a gestão, levando-se em conta tanto fatores internos assim como as variáveis importantes que influenciarão em seu desempenho. Em outras palavras, os simuladores permitem mostrar o impacto causado pelas decisões dos executivos ao desempenho global de uma organização, sem entretanto, causar os prejuízos incalculáveis se fossem tomadas em suas organizações.

Durante a simulação, são tomadas decisões relacionadas com a formulação e execução de ações globais relacionadas as principais áreas da organização ou de determinado departamento, por exemplo, assim como a análise das conseqüências de suas decisões.

Na simulação de Gestão Estratégica de Negócios desenvolvida pelo Prof. A.Marins, os participantes formados em equipes de trabalho de uma empresa, têm como missão analisar as informações da área que lhes corresponde – resultados financeiros, clientes, processos clientes internos e aprendizagem e crescimento – e tomarem decisões que julguem mais convenientes à área a seu cargo, levando-se em conta as demais áreas da organização.

Muitas vezes, além da área técnica há necessidade de se trabalhar os aspectos comportamentais da organização. Nesses casos, o Prof. A.Marins conta com o apoio de profissionais parceiros especialistas na área.

Objetivos e características dos simuladores

Os principais objetivos que se buscam nos treinamentos e desenvolvimentos baseados em simuladores de negócios são os seguintes:

  • Fortalecer a capacidade de tomada de decisões dos participantes.
  • Incentivar a liderança e o trabalho em equipe.
  • Entender e trabalhar as diferentes relações interpessoais e interdepartamentais.

Os jogos de negócios são, em sua maioria no Brasil, programas de computadores. Neles, programas são elaborados levando-se em consideração os fatores internos de operação de uma empresa e algumas variáveis de retorno que afetam sua operação.

Diferentes dos realizados através de programas de computadores, existem os jogos de empresa, simulações e vivenciais, onde se pode unir a técnica, a vivência e os aspectos comportamentais. Não existe dúvida que os resultados alcançados pela equipe são muito melhores.

Os simuladores de negócios podem ser classificados em:

  • Gerais: Quando estão orientados a mostrar o uso de estratégias a nível de negócios e as principais decisões que deve ser tomada à direção geral de uma empresa.
  • Específicos: Quando está sendo enfocada a simulação de atividades de uma área específica de uma empresa, como por exemplo marketing, finanças, produção etc.
  • Locais: Quanto ao local para a simulação, vai depender de tempo e, principalmente, de vontade política da empresa. Portanto, não existe uma regra fixa, podendo ser realizada numa sala, hotel, centro de treinamento e outros. Para a Marins & Molnar os melhores resultados são alcançados, fora da empresa, ao ar livre.

O desenvolvimento de simulações de negócios deve ser realizado através de equipes de trabalho, entre 4 a 8 pessoas. As equipes formadas operam durante um período simulado da vida real. O tempo determinado na simulação representa um horizonte de tempo real de operação da empresa.

O tempo total que dura a simulação adotada e desenvolvida pela Marins & Molnar varia de 24 a 32 horas / aula de trabalho, que sua experiência tem demonstrado ser adequado.

Comparando a simulação com outros métodos de aprendizagem

Com o objetivo de comparar-se a simulação com outros métodos de aprendizagem, três universidades americanas realizaram, no primeiro semestre de 2003, um encontro entre os alunos participantes de um programa de jogos de negócios. Os pesquisadores desejavam conhecer as preferências do simulador em relação a outros métodos de aprendizagem, como por exemplo: estudos de casos, leitura, audiovisuais etc.

Em relação com o estudo de casos os resultados demonstraram a aceitação do simulador de 60% dos que responderam a pesquisa. Com respeito aos outros métodos, a preferência pela simulação foi de cerca de 80%.

Os resultados encontrados indicaram um maior nível de aceitação da simulação de negócios comparados com outros métodos de aprendizagem por parte dos alunos que participaram da simulação de negócios. Entre as razões que explicam a preferência pelo método encontra-se: o conhecer os resultados das decisões tomadas; a troca de experiência com outras equipes; a interação entre os membros das equipes; a produção de competências coletivas, entre outras.

Conclusões

A título de conclusão podemos relacionar, entre outras, as seguintes vantagens para as organizações de realizar treinamentos e desenvolvimentos através de simuladores de negócios:

  1. Os simuladores de negócios são ferramentas que permitem fortalecer determinadas habilidades dos executivos da empresa.
  2. 2. Os jogos de negócio é um método de processo de aprendizagem que permite estabelecer um ambiente simulado de negócios de modo que os executivos da empresa podem por em prática os conhecimentos sobre estratégias, assim como entender a importância das relações entre as diferentes áreas da empresa.
  3. Os executivos podem trocar informações, praticar a comunicação e, principalmente, fornecer lideranças e equipes.
  4. Os simuladores de negócio permite que os executivos trabalhem em equipe durante todo processo de tomada de decisões e de análise, discussão e seleção das decisões consensadas mais adequadas para a empresa.
  5. Os simuladores podem ser realizados para os níveis tático e operacional das empresa e permite a pronta aplicação nas estações de trabalho.
  6. O Centro de Simulação Empresarial da Marins & Molnar Business Solutions, permite desenvolver simulações específicas para as organizações, atendendo suas necessidades e expectativas.
Antomar Marins e Silva

Consultor de marketing e de melhoria de resultados de negócios. Professor e autor dos livros Gestão Estratégica de Negócios: Pensamentos e Reflexões, Qualidade: O Desafio das Secretárias, Desperdício: Como Eliminá-lo Através dos s S´s, Artigus, Lições Aprendidas e Motivação.www.antomar.marins@gmail.com" target="_blank">www.antomar.marins@gmail.com">www.antomar.marins@gmail.com

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com