Aprenda sobre a Origem e Evolução das Bicicletas Chapecó, Santa Catarina

Neste artigo relataremos a evolução da bicicleta,os tipos,modelos e utilidades deste forma de veículo.Atualmente há diferentes modelos para homens e mulheres, de competição e de uso normal, de carga e para uso em circos.

Gilberto Giaretton
(49) 723-7314
r Marechal Deodoro, 320, e
Chapecó, Santa Catarina
 
Moto Peças PH Cross
(49) 722-5461
r Alegre, 1627, qd d
Chapecó, Santa Catarina
 
Eletromoto Chapecó Ltda
(49) 723-8743
r Bom Senso, 56, e, São Cristóvão
Chapecó, Santa Catarina
 
Beleza Jung Suzuky
(49) 723-1991
r Paulo Marques, 311, e sl 2, Centro
Chapecó, Santa Catarina
 
Moto Jeans Com Moto Ltda
(49) 722-2480
r Sicilia, 60, d, Passo Dos Fortes
Chapecó, Santa Catarina
 
Moto Peças Almeida Ltda
(49) 723-0886
av Fernando Machado, 2535, d, Centro
Chapecó, Santa Catarina
 
Zelcino Tormen
(49) 722-2739
r Quintino Bocaiuva, 1290, Centro
Chapecó, Santa Catarina
 
Bicicletaria Alemão
(49) 724-0873
r Benedito Novo, 483, Cristo Rei
Chapecó, Santa Catarina
 
Celso A Fiorini
(49) 722-5461
av Alegre, 1627, d
Chapecó, Santa Catarina
 
Coml Moto Maq Ltda
(49) 722-4388
av Fernando Machado, 2535, d, Centro
Chapecó, Santa Catarina
 

Aprenda sobre a Origem e Evolução das Bicicletas

A evolução da bicicleta começou em 1818 com bicicletas de impulso que tinham um quadro de madeira que era suportado por duas rodas em linha e o ciclista a empurrava com seus pés para movimentar-se enquanto navegava a roda dianteira. Em 1839 ela foi melhorada, porque uma movimentação mecânica foi adicionada à roda traseira.

Um novo projeto de bicicleta marcou seu início em 1850 e 1860 quando os franceses Pierre Michaux e Pierre Lallement colocaram pedais em uma roda dianteira ampliada. Era feita de ferro e madeira com rodas de aro com raios e os pneus eram de borracha sólida em um quadro de aço tubular. Mas este projeto enfrentou o problema do assento muito elevado e a distribuição de peso desigual.

Subseqüentemente, estes problemas foram resolvidos até certo ponto reduzindo o diâmetro da roda dianteira e adicionando uma engrenagem para alcançar maior velocidade, ajustando o assento no meio, etc. Mas enfrentou um grave problema com a roda dianteira, porque o pedal e o guidon ficavam juntos. J.K. Starley , J.H. Lawson e Shergold colocaram os pedais com a roda traseira com um sistema de movimentação por corrente para reduzir o problema. Aquelas bicicletas ganharam o nome de bicicletas de segurança porque tinham os assentos mais baixos e distribuição de peso por igual.

A época dourada das bicicletas começou em 1890, desde que as inovações fizeram estas bicicletas mais confortáveis. O pneu de borracha foi uma invenção do escocês John Boyd Dunlop em 1888 e somente então, a roda livre foi criada. Subseqüentemente, os freios foram inventados em 1898. Este período também marcou a introdução das engrenagens e dos cabos de freios operados manualmente. Logo ela se tornou mundialmente famosa devido à sua grande utilidade em quase todos os campos. A bicicleta foi usada na Índia para distribuir leite nas casas, usadas pelos correios para entrega de correspondências, usadas pelo exército para o movimento de tropas e também se tornou uma fonte recreativa.

Com o advento da tecnologia e de materiais modernos, vários tipos de bicicletas são lançados no mercado. Há uma grande variedade de modelos desde bicicletas de competição, bicicletas para a montanha, bicicletas BMX e muito mais. A pessoa pode selecionar o modelo de bicicleta de acordo com as suas necessidades em termos de funções, quantidade de ciclistas, etc.

Um ciclista pedala a sua bicicleta mantendo-a em posição ereta para que o centro de gravidade permaneça em suas rodas. Inclina-se ao dar uma volta girando o guidon com suas mãos. Utiliza os freios para parar, já que os freios exercem uma força de parada nas rodas dianteiras. É um meio de transporte bastante eficiente porque requer pouca energia do ciclista para pedalar em baixa velocidade, e transmite 99% da energia do ciclista para as rodas.

Com o avanço da tecnologia e das inovações, os projetos das bicicletas mudaram bastante. Há diferentes modelos para homens e mulheres, de competição e de uso normal, de carga e para uso em circos. Cada modelo tem suas próprias características originais a fim de cumprir as exigências exclusivas do ciclista, selas amortecidas para viagens de curta distância, freios a disco para ciclistas de off-road, etc.

O uso da bicicleta não somente melhorou o uso no dia a dia do homem, mas também contribuiu para o meio ambiente porque o ciclismo não causa poluição. Além disso, tem efeitos positivos na saúde das pessoas que a usam. A fabricação das bicicletas contribuiu para o desenvolvimento de outras indústrias como a composição dos rolamentos de esferas, das catracas, das arruelas, etc. Muitas companhias fabricam os quadros das bicicletas e compram outras partes de outras companhias.

Este artigo também pode ser acessado a partir da página www.polomercantil.com.br/bicicleta.php

Sobre o Autor
Roberto Sedycias trabalha como consultor de informática para www.polomercantil.com.br

Artigos.com