Cartilha de Orientação Para o Portador de Diabetes Cuiabá, Mato Grosso

Esta cartilha tem o objetivo de fornecer orientações para que você conviva melhor com o seu diabetes. E através deste conhecimento, possa assumir o controle de sua doença, conhecer as condições que provocam a elevação ou diminuição da glicose e como evitar suas complicações. Aprenda mais abaixo.

Jubert Sanches Cibantos Filho
(65) 3623-4023
Rua General Neves 111
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Carlos Alberto A Maranhao
Av 31 - de Marco 889
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Dra Maria do Socorro Cirurgiã Plástico
(65) 3623-8521
r Cmte Costa, 1496 Revivere Centro Sul
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Maria do Socorro Dra. Cirurgiã Plástica
(65) 3623-8521
r Cmte Costa, 1496 Centro
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
AR Distribuidora de Medicamentos e Produtos Hospitalares Ltda
(65) 3634-3637
av Pedro Pedrossiam,Gov, 388, Campo Velho
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Magno Stefani Cezar
Av. Presidente Marques 437
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Tiago, José S
(65) 3623-5986
r Cândido Mariano, 990 Quilombo
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Clínica Magno Cézar
(65) 3623-5122
av Pres Marques, 441 Santa Helena-Quilombo
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Med K Prod e Serv Médico Hospital e Laboratorial
(65) 3626-3997
av José Rodrigues do Prado, 252 Santa Rosa
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dulciyara Lopes, Drª
(65) 3023-9001
Tv Léo Edilberto Griggi, 75 Goiabeiras
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Cartilha de Orientação Para o Portador de Diabetes

INTRODUÇÃO

Esta cartilha tem o objetivo de fornecer orientações para que você conviva melhor com o seu diabetes. E através deste conhecimento, possa assumir o controle de sua doença, conhecer as condições que provocam a elevação ou diminuição da glicose e como evitar suas complicações.

O QUE É DIABETES?

É uma doença de causas variadas, devido a falta total ou parcial de insulina (hormônio produzido no pâncreas). e/ou incapacidade da insulina de exercer suas ações. Como conseqüência as células não aproveitam adequadamente a glicose no sangue, provocando sua elevação.

COMO SE DESCOBRE O DIABETES?

- Através do exame de sangue (dosagem da glicose em jejum); normal: até 110 mg/dl

- Através do exame de urina (presença de glicose na urina); normal: negativo

EXISTEM DOIS TIPOS DE DIABETES MELLITUS:

DIABETES DO TIPO 1 - INSULINODEPENDENTE (DMID):

Ocorre com mais freqüência em jovens, devido ao pâncreas produzir pouco ou não produzir insulina. Por isso, é necessário aplicar insulina através de injeção para suprir essa carência.

DIABETES DO TIPO 2 - NÃO INSULINODEPENDENTE (DMNID):

Decorre de uma produção insuficiente de insulina ou de seu funcionamento inadequado no corpo. Atinge com mais freqüência:

- Os adultos
- Pessoas com antecedentes familiares de diabetes
- Pessoas com excesso de peso

Complicações mais comuns:

1- SE O AÇÚCAR NO SANGUE ESTIVER ALTO: (HIPERGLICEMIA) VOCÊ PODERÁ SENTIR:

- Volume urinário excessivo
- Cansaço dor abdominal
- Respiração acelerada
- Vômitos
- Sede

Causas:

- Dose insuficiente da medicação
- Infecção
- Abusos alimentares
- Estresse

O que fazer:

Não deixe de tomar ou aumente a dosagem do medicamento sem consultar seu médico caso não tenha orientação para isso.

Tomar bebidas sem açúcar em abundância para evitar a desidratação.

Se não puder comer por causa de vômitos, beba líquidos que contenham açúcar para evitar que o açúcar no sangue abaixe demais.

Se possível verifique o nível de açúcar no sangue cada 4 horas.

Consulte o médico se o os níveis de açúcar mantiverem acima de 240 mg/dl.

2- SE O AÇÚCAR NO SANGUE ESTIVER BAIXO: ( HIPOGLICEMIA) VOCÊ PODERÁ SENTIR:

- Tremor
- Tontura
- Irritabilidade
- Fome
- Sonolência
- Sudorese
- Desmaios
- Confusão mental
- Batimentos cardíacos acelerados

Causas:

- Durante ou depois da prática de exercícios físicos
- Se você não comer o suficiente
- Se você tomar medicamento em excesso

O que fazer:

Tome 1 copo de suco de fruta ou de refrigerante imediatamente.

Se estiver inconciente, deve procurar serviços médicos imediatamente. Pode-se molhar o dedo com mel e esfregar na parte interna da bochecha.

Informar o acontecimento ao médico para determinar se há necessidade de ajuste da medicação.

DIABETES: COMO CUIDAR?

Os 4 pontos principais do tratamento são:

1- Alimentação balenceada
2- Atividade física
3- Monitorização
4- Medicação

ALIMENTAÇÃO BALANCEADA = DIETA

Os alimentos nos dão a energia que necessitamos para viver. Nosso organismo converte a maior parte dos alimentos que comemos em um tipo de açúcar que se chama glicose, da qual as células necessitam.

A insulina ajuda as células a conseguir o açúcar necessário na produção de energia. Também evita que o açúcar se acumule no sangue. Mas, se você tem diabetes, a insulina não funciona como deveria ou talvez nem seja produzida. Mesmo assim, uma dieta saudável pode ajudar seu organismo a manter o nível de açúcar no sangue em equilíbrio: nem muito alto, nem baixo.

Planeje sua alimentação:

O Nutricionista será o profissional mais indicado para ajudá-lo a planejar sua alimentação levando em conta:

- Seu peso e altura
- Sua atividade física
- Seu nível de açúcar no sangue
- Os alimentos que você gosta

Alimentos como pães, vegetais, frutas e doces alteram o nível de açúcar no sangue de diferentes maneiras. É preciso escolher alimentos que ajudem a controlar o nível de açúcar no sangue. O nutricionista vai orientar você nessa escolha.

Alimentação saudável para o diabético:

- Frutas e vegetais frescos
- Pão e cereais integrais
- Feijão e legumes
- Arroz integral, cevada e aveia
- Alimentos com pouca gordura e sal

Evite:

- Carne com gordura
- Leite integral
- Queijo gorduroso
- Fritura
- Fast-food
- Bebidas alcoólicas

Quem toma insulina ou comprimidos para diabetes, precisa ter cuidado com bebida alcoólica pois, o seu uso pode fazer baixar demais o nível de açúcar no sangue. Não deixe de tomar seu medicamento para beber. No caso de cerveja, você pode consumir a que não contém álcool. Em caso de dúvida, consulte o seu nutricionista.

Cuidados quando for comer fora de casa:

Carregue refrigerantes dietéticos com você se achar que estes não serão servidos

Saiba com antecedência o que será servido. É o caso até de levar algo de acordo com o seu plano alimentar.

Nos restaurantes, ao invés de frituras, peça alimentos assados ou grelhados. Prefira saladas e tempere-as você mesmo. Peça tempero separado. Sempre leve um lanche com você em caso de seus planos terem sido mudados na hora de comer

Procure controlar:

- A hora de suas refeições
- Os alimentos que come
- A sua quantidade
- Fazer exercícios com regularidade
- Tomar os medicamentos necessários

EXERCÍCIOS FÍSICOS:

Fazer exercícios aumenta a sensibilidade do corpo à insulina e, portanto tendem a diminuir a glicose no sangue contribuindo no controle do diabetes. Exercícios regulares e programados são melhores porque impactos intensos, podem trazer problemas para o controle da glicose no sangue(Hipoglicemia).

OS EXERCÍCIOS AJUDAM A:

- Baixar o nível de açúcar no sangue
- Evitar as enfermidades do coração
- Controlar a pressão arterial
- Sentir-se melhor e ter melhor aparência reduzir a tensão (estresse)
- Diminuir os níveis de gordura no sangue
- Diminuem a necessidades de insulina ou comprimidos
- Controlar o peso

Exercícios indicados:

- Caminhar
- Andar de bicicleta
- Nadar
- Dançar
- Cuidados necessários:

Fale com seu médico antes de começar a fazer para saber qual o mais adequado para você

Leve sempre uma identificação médica, pois em caso de emergência, as pessoas saberão que você é diabético.

Tente fazer os exercícios regularmente e de maneira freqüente, ou seja no mesmo horário (de 20 a 30 minutos) e todos os dias se possível.

Use calçados confortáveis que se adaptem bem aos seus pés e sejam apropriados para a atividade.

Sobre o Autor
Formada pela Faculdade de Medicina da UFRJ. Residência médica em Endocrinologia e Nutrologia no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da UFRJ, posteriormente concluindo o Mestrado e o Doutorado em Endocrinologia.

Artigos.com