Cirurgia Oftalmológica LASIK Goiânia, Goiás

Com os constantes avanços da tecnologia, o que hoje é atual rapidamente se torna obsoleto. Uma das áreas de vanguarda desta tecnologia de ponta é a médica. Os óculos e lentes de contato, até agora considerados acessórios comuns, estão sendo rapidamente substituídos por estes novos avanços tecnológicos, devido também à cirurgia oftalmológica LASIK.

Wanderley Ribeiro Borges de Figueiredo
(62) 3224-0078
Av Oeste 3 - Vitalabor
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Maria Auxiliadora de P. Cysneiro
(62) 3521-9191
R 3 - C 63
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Jose Antonio Cesar da Silva
(62) 3281-2900
Al Cel Eugenio Jardim 30 - Cen Med Excelsior
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Lourenca de Oliveira F N Obeid
(62) 3229-0550
Av Doutor Ismerino Soares de Carvalho 1 - Hospital Cemep
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Susana Bernardes da Silva
(62) 3572-9071
Rua 68 70
Goiania, Goiás
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Circoncisto L Ribeiro Junior
Rua (062) 2416938
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Alvaro Vitor Teixeira
(62) 3281-8336
Av 9 - 304 Clin San Vitor
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Zeisa Teixeira Hohl
(62) 3251-2070
R 29 - L 6 e 7 Sl 1001 e 1003 0 Medical Bueno Center
Goiania, Goiás
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Eliane Duarte Mota
(62) 3212-7333
R 39 - 181 Hosp Araujo Jorge
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Marisa Dell Eugenio Costa
(62) 3941-8484
R Dr Olinto Manso Pereira 51 - Scientia Med Lab
Goiania, Goiás
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Cirurgia Oftalmológica LASIK

Considerações Gerais

Com os constantes avanços da tecnologia, o que hoje é atual rapidamente se torna obsoleto. Uma das áreas de vanguarda desta tecnologia de ponta é a médica. Os óculos e lentes de contato, até agora considerados acessórios comuns, estão sendo rapidamente substituídos por estes novos avanços tecnológicos, devido também à cirurgia oftalmológica LASIK.

Apesar de não ser o procedimento aconselhado para todas as pessoas, a cirurgia LASIK destina-se a reduzir, se não a eliminar completamente, a necessidade de utilização de lentes de contato e/ou óculos. LASIK é um acrónimo da expressão “Laser-Assisted In Situ Keratomileusis". In Situ é uma expressão latina que significa não removido, e Keratomileusis refere-se à reestruturação da córnea. Esta é, basicamente, uma cirurgia que utiliza um tipo particular de laser para mudar permanentemente o formato da córnea, alterando, assim, a visão da pessoa operada.

Existem tipos diferentes de problemas de visão, com diferentes níveis de gravidade. Estes problemas podem levar a pessoa afetada a escolher uma solução permanente, como por exemplo, a cirurgia oftalmológica, e em particular a cirurgia LASIK. A miopia, a hipermetropia e o astigmatismo são problemas comuns de visão. Por vezes, a miopia e a hipermetropia podem coexistir com o astigmatismo. Normalmente, as lentes de contato e os óculos oferecem uma solução rápida mas temporária para um problema muito frustrante. A visão é boa com elas/eles colocados, mas logo que se retiram, esta fica turva e desfocada. Tanto os óculos como as lentes de contato são soluções meramente temporárias, destinadas a compensar aquilo que os olhos não são capazes de fazer. As graduações podem mudar com o tempo. A cirurgia LASIK é uma solução alternativa que pode oferecer resultados permanentes.

Requisitos Obrigatórios

Como para qualquer procedimento médico, nem todas as pessoas podem submeter-se à cirurgia LASIK. Algumas podem ser candidatos perfeitos enquanto outras poderão ter que discutir o seu caso com o seu médico e com o cirurgião oftalmológico. Outras poderão nem ser consideradas elegíveis para a cirurgia. Basicamente, para determinar a sua elegibilidade, é essencial que converse com o seu oftalmologista para avaliar se a cirurgia oftalmológica LASIK é uma opção.

Os requisitos básicos para esta cirurgia são simples. Primeiro, é preciso ser maior de 18 anos; alguns médicos podem inclusive ter um limite mínimo de 21. Obviamente, é preciso ter os olhos limpos de qualquer infecção, doença ou outra condição que possa afetar adversamente o resultado positivo do procedimento. Além disso, não decida fazer a cirurgia se estiver grávida ou a amamentar, uma vez que estes hormônios podem afetar-lhe a visão. Também é obrigatório ter mantido a actual graduação por um período mínimo de 12 meses antes da cirurgia. Além disso, você não será elegível para a cirurgia oftalmológica LASIK se tiver uma doença, como por exemplo, uma doença auto-imune, que possa afectar a recuperação pós-cirúrgica. Mesmo que cumpra com estes requisitos básicos, ainda assim você poderá não ser um candidato ideal para a cirurgia LASIK. Como com qualquer cirurgia, há muitos fatores que devem ser considerados.

De modo a ser considerado um candidato “perfeito” para a cirurgia LASIK, existem ainda outras exigências: deve ter mantido a graduação dos seus óculos e/ou lentes de contacto por um período mínimo de 24 meses; a grossura da sua córnea deve ser suficiente para permitir ao médico a criação de uma aba. Além disso, os seus problemas de visão devem ser relativamente simples, tais como miopia, hipermetropia, astigmatismo ou uma combinação de um dos primeiros com o segundo.

Se você está interessado na cirurgia LASIK, e preenche todos estes requesitos, converse com o seu oftalmologista. Contudo, se tal não acontecer, considere uma opção alternativa. O procedimento LASIK não é ideal para todos. Existem outros tratamentos e o seu oftalmologista poderá ajudá-lo a encontrar o procedimento mais apropriado.

O Procedimento Cirúrgico

A cirurgia oftalmológica LASIK é muito semelhante a outras cirurgias. Existe uma avaliação, uma preparação para a cirurgia, o procedimento cirúrgico e o exame pós-operatório. Cada parte é tão essencial quanto a que a antecedeu e a que a seguirá. É muito importante seguir todas as instruções do seu médico para cada etapa, de forma a obter os melhores resultados com o menor número de complicações.

Antes de se submeter à cirurgia e mesmo antes da sua avaliação inicial, o seu médico assistente dar-lhe-á algumas instruções sobre como preparar os seus olhos, e principalmente as suas córneas. Se você usa lentes de contato, ele também lhe dirá para parar de as usar e para as substituir por óculos durante um mínimo de 4 semanas. As lentes alteram o formato da córnea e é necessário deixar que esta retome a sua forma inicial antes da cirurgia. Também é essencial que você deixe de colocar maquiagem nos olhos, cremes ou loções para o rosto, perfumes ou laca 24 horas antes da cirurgia.

Esta é uma cirurgia que não exige internamento. O procedimento em si dura aproximadamente 30 minutos, quinze minutos para cada olho. Assim, é importante que você providencie transporte para casa, uma vez que os seus olhos vão estar em recuperação e, obviamente, fora de ação durante algum tempo. O cirurgião começa por dizer-lhe para se sentar numa cadeira inclinada, passando depois a anestesiar-lhe o(s) olho(s) e a limpar a área circundante. Um instrumento médico, chamado espéculo de pálpebra, é então posicionado para manter as suas pálpebras abertas durante a operação. Será pedido que você fixe o olhar numa luz, de forma a manter os seus olhos imóveis. Em seguida, o médico utiliza um laser frio para cortar uma aba nas camadas exteriores da sua córnea, acedendo assim às camadas inferiores. O passo seguinte é usar outro laser frio para retirar ou refazer outras camadas córneas, resolvendo assim os seus problemas específicos de visão. Após esse procedimento, o cirurgião reposiciona a aba e entrega-lhe protectores oculares que deve usar para proteger a sua córnea até que esteja recuperada. No final, e após lhe serem dadas as devidas recomendações de cuidados para o período pós-operatório, é-lhe dada alta para que você volte para casa.

Recuperação

Apesar desta cirurgia oftalmológica sem indolor e só envolver sensações de alguma pressão e desconforto, você pode sentir alguma dor no pós-operatório. Por outro lado, você poderá notar, quase de imediato, algumas melhorias na sua visão. Se a dor for intensa, o seu cirurgião pode receitar-lhe um analgésico leve. Normalmente, o único desconforto que ocorre é comichão ou sensação de queimadura que faz com que você queira esfregar os olhos. Não o faça. Isso pode fazer com que a aba córnea se desloque, causando complicações desnecessárias. Pode acontecer outros sintomas para além do desconforto, tais como pontos luminosos ou vermelhidão. Todos melhoram com o tempo.

Marque uma consulta com o seu cirurgião nos primeiros dois dias após a cirurgia. Nessa consulta, o médico fará um exame oftalmológico para determinar a melhoria da sua visão e para verificar a existência de possíveis efeitos secundários e infecções. A partir daí, você deve marcar as consultas de acompanhamento segundo as indicações do seu médico.

Num período de seis meses, a sua visão deve ser constante. Todos os sintomas do período pós-operatório devem ter desaparecido completamente e a sua visão deve ter melhorado significativamente. Pode não acontecer a visão 100%, mas você não necessitará tanto de óculos ou lentes de contato.

Benefícios da Cirurgia Oftalmológica LASIK

A cirurgia LASIK é somente uma entre muitas opções para correção da visão. Existem os métodos temporários mais comuns, como os óculos e as lentes de contato e os mais permanentes, como a cirurgia corretiva ou outras cirurgias a lazer. Algumas destas opções, como os óculos e as lentes, oferecem resultados rápidos a custos baixos. Contudo, outras opções, como a cirurgia oftalmológica LASIK, oferecem resultados permanentes que compensam os custos.

Esta cirurgia é indolor e é realizada numa tarde, normalmente em menos de uma hora. O paciente entra e sai, com resultados imediatos. Além disso, o desconforto inicial é bastante menor que o de outros procedimentos. A cirurgia oftalmológica LASIK pode também alterar até os problemas de visão mais severos.

A maior parte das pessoas interessadas na cirurgia LASIK cumpre os requisitos de elegibilidade e sente muito menos efeitos secundários que com outros procedimentos. Esta cirurgia é comum e como tal, muitos cirurgiões oftalmológicos são capazes de a realizar com segurança. Além de ter taxas baixas de ocorrência de riscos e complicações, a cirurgia LASIK é uma das poucas cirurgias oftalmológicas que podem ser realizadas mais do que uma vez, se necessário.

O benefício máximo da cirurgia LASIK é a melhoria de visão. A maior parte das pessoas operadas com a tecnologia LASIK deixam de usar óculos ou lentes de contato. São capazes de ver sem auxílio. Normalmente, a melhoria de visão é permanente. A cirurgia oftalmológica LASIK é rápida, indolor e de relativamente fácil recuperação.

Riscos e Complicações

Tal como com qualquer procedimento médico, existem riscos e possíveis complicações na cirurgia oftalmológica LASIK. Os efeitos secundários mais comuns incluem secura dos olhos, ver pontos brilhantes e / ou aros à volta das luzes e ter sensibilidade à luz. Os efeitos secundários mais extremos incluem danificação da córnea, tal como cicatrizes ou inflamação, falta de tonicidade das pálpebras, desconforto e dor contínuas e até visão mais turva e desfocada.

Apesar de alguns efeitos secundários serem ligeiros, outros podem exigir mais tratamentos, ou até mesmo uma nova cirurgia LASIK. Se tiver ocorrido danificação da córnea, o problema pode ser permanente. Contudo, riscos desta magnitude são muito raros. A complicação mais rara de todas é a deterioração da visão que ocorre em aproximadamente em 1% de pacientes.