Como fidelizar o cliente Barbacena, Minas Gerais

A profissão de vendedor torna-se a cada dia mais competitiva. Os profissionais de vendas constantemente estão buscando novas estratégias para adquiri e manter clientes. Veja mais abaixo.

Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A
(80) 0541-8855
r Rio de Janeiro, 927, An 8, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Banco ABN Amro Real S/A
(80) 0770-2001
av Afonso Pena, 2497, Aparecida
Uberlandia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Banco ABN Amro Real S/A
(80) 0770-2001
av Cristiano Machado, 1700, Lj 6, Cid Nova
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Banco Cacique
(32) 3212-0128
r Batista Oliveira, 470 sl 603 Centro
Juiz de Fora, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Bigcard Administradora de Convênios e Serviços
(32) 3215-0021
av Br do Rio Branco, 2679 s 204 Centro
Juiz de Fora, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Banco Credit Lyonais Brasil S/A
(31) 3264-0944
av Contorno, 5926, Funcionários
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A
(34) 3214-4999
av Afonso Pena, 492, Centro
Uberlandia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Creditar Soluções Financeiras
(31) 3391-2859
av Cantagalo, 208 lj B, Jd Riacho Pedras
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Capital Brasil Empréstimo Pessoal
(32) 3215-0897
av Br do Rio Branco, 2231 sl 14 Centro
Juiz de Fora, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Credfranco Soluções Financeira
(31) 2532-2853
Av. Afonso Pena, 726, 9º andar, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Dados Divulgados por

Como fidelizar o cliente

Atuar com vendas é algo motivador, delicado e que proporciona o desenvolvimento constante de novas estratégias de abordagem, negociação e fidelização. Exige que o profissional conheça cada vez mais seus clientes e produtos e possa agregar valor durante a negociação, na venda, pós-venda e em todas as demais áreas correlacionadas ao processo.

Em um mercado repleto de opções deve-se tentar estreitar o relacionamento com o cliente para que se consiga obter uma preferência inicial, uma lembrança, pois torná-lo fiel é quase impossível, mas para vir a ser a referência ou a preferência de compra basta empenho, dedicação, interesse, pró-atividade, qualidade dos produtos e serviços, atenção especial, bem como mensurar constantemente qual a percepção de satisfação existente.

Algumas empresas confundem fidelizar com "aprisionar". Oferecem condições supostamente interessantes aos clientes, desde que mantenham exclusividade por um período determinado (12, 18, 24 meses). Obrigar não é fidelizar. Fidelizar é oferecer condições aos clientes de forma que sintam satisfação, desejo e interesse em utilizar determinados produtos ou serviços. Obrigar os clientes a utilizarem os produtos ou serviços que não atendam às suas necessidades e expectativas, é como praticar um crime de cárcere privado. Ou seja, manter os clientes sem a opção de adquirir produtos e serviços que atendam suas necessidades e possuam a qualidade necessária para que realizem suas atividades profissionais ou pessoais. Nesse caso, ficam privados de livre escolha, e além de estarem sendo prejudicados de alguma forma, ainda são obrigados a pagar multas pela falta de capacidade das empresas que oferecem tais produtos e serviços.

Cliente insatisfeito, obrigado a utilizar qualquer produto jamais oferecerá feed backs positivos ao mercado. E é de fato comprovado que a "propaganda" realizada através de "depoimentos" proporciona resultados (positivos ou negativos) com maior amplitude. Na maioria das vezes é muito mais viável a empresa rever seus conceitos e abrir algumas exceções para solucionar pequenas falhas, que deixá-las se tornarem grandes problemas. É como um incêndio que pode começar com uma simples faísca.

Como sua empresa tem atuado no mercado? Estreitando o relacionamento ou aprisionando seus clientes?

21/01/09 | Artigos, Vendas | Site do Autor