Como icentivar seus colaboradores Barbacena, Minas Gerais

As empresas estão sempre buscando forma de icentivar seus colaboradores, muitas das vezes investindo em bônus, cursos de todos os tipos, planos de saúde, etc. Este benefícios são realmente importantes, mas vamos enfatizar nesse artigo um outro método:a valorização do ser humano. Analise mais abaixo.

Banco ABN Amro Real S/A
(80) 0770-2001
rdv BR-040, 773000, Km 773, Barreira do Triunfo
Juiz de Fora, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Credfranco Soluções Financeira
(31) 2532-2853
Av. Afonso Pena, 726, 9º andar, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Mil Crédito
32 91949488 - 32118706
Rua Marechal Deodoro Nr 485 - 303 - Garden Shopping
Juiz de Fora, Minas Gerais
 
Banco Santander Banespa S/A
(34) 3239-8800
pça Tubal Vilela, 55, Centro
Uberlandia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Banco ABN Amro Real S/A
(80) 0770-2001
av Afonso Pena, 2497, Aparecida
Uberlandia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Kamilla Fashion
(31) 3825-9508
Av. Selim Jose De Sales 1815 Canaa
Ipatinga, Minas Gerais
 
Unibanco - União de Bancos Brasileiros S/A
(32) 3215-5841
r Halfeld, 788, Centro
Juiz de Fora, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Banco Safra S/A
8001-51234
av Afonso Pena, 778, Centro
Uberlandia, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Creditar Soluções Financeiras
(31) 3391-2859
av Cantagalo, 208 lj B, Jd Riacho Pedras
Contagem, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Banco BMG S/A
(31) 3290-3000
av Álvares Cabral, 1707, An 1, Lourdes
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Como icentivar seus colaboradores

Empresas têm oferecido freqüentemente vários benefícios e incentivos aos seus colaboradores. Podemos destacar como os mais utilizados: tíquete, vale-supermercado, seguro-educação, bolsas de estudo, cursos de idiomas, instrução dos filhos, reembolso para cursos de graduação, pós-graduação e MBA, plano de saúde e odontológico.

Claro que todos esses benefícios e incentivos são importantes e ajudam consideravelmente nos resultados financeiros do profissional, uma vez que se uma empresa oferece, por exemplo, plano de saúde extensível aos dependentes e bolsa de estudos, isso representa um adicional próximo a três salários mínimos em seus rendimentos mensais.

Há, entretanto, incontáveis empresas que acreditam que oferecer condições financeiras atrativas seja suficiente para manter seus profissionais e obter melhores resultados. O reconhecimento pelos projetos, produtividade e ações realizados pela e na empresa são fatores motivacionais importantíssimos que potencializam a satisfação dos profissionais e não geram qualquer ônus adicional à organização, no entanto, normalmente essa prática não é utilizada.

Não é difícil encontrarmos altos executivos, com excelente remuneração, que quando questionados sobre o trabalho, se gostam do que fazem ou o que têm realizado, comentam, de forma frustrada sobre suas atividades. Sentem-se frustrados não pelo insucesso em seus resultados, mas por serem tratados como profissionais que estão exercendo suas funções "simplesmente para isso", por ser a "obrigação deles".

Estes profissionais, quando não sentem suas atividades desafiadoras ou não são reconhecidos pelo diferencial apresentado em seus resultados, mesmo recebendo excelentes remunerações e benefícios perdem a paixão pelo que fazem.

Façamos uma rápida analogia com uma família, considerando que os pais são responsáveis pela segurança, educação e saúde dos filhos. Se eles vivem momentos de alegria, gozam de boa saúde e se destacam profissionalmente no futuro, os pais sempre falarão com muito orgulho dos resultados por eles obtidos. Não há alegria maior no mundo que falar bem dos filhos aos amigos. Contudo, se ocorrer o contrário muitos pais se sentirão culpados pelo insucesso, por possíveis ausências que causaram tal fracasso e evitarão comentar a conhecidos e familiares sobre o fato.

Assim é a vida dos profissionais. Os resultados são como filhos criados com muito esforço e dedicação pela determinação de cada um. Se forem resultados positivos e diferenciados esses profissionais estarão motivados, sentir-se-ão mais realizados e seguros para trocar as experiências com companheiros de trabalho e seus superiores, os quais poderão utilizar como benchmark a habilidade e sucesso por eles obtidos para incentivar os demais.

Entretanto, quando tal resultado simplesmente é ignorado e em momento algum o profissional se sente valorizado por suas ações extras e resultados diferenciados, este passa então a buscar novos horizontes, focados em seu reconhecimento pessoal e ampliação de sua auto-estima.

Com certeza em sua empresa há excelentes profissionais que neste momento talvez estejam sentindo falta de um simples "parabéns". O sucesso não é feito apenas de vitórias mas de aprendizados, inovações e iniciativas.

Dê feed backs, valorize sua equipe, reconheça os esforços, as vitórias, os empenhos, as iniciativas e principalmente, valorize o ser humano que possui sentimentos, família, desejos e metas pessoais.

Conheça sua equipe, aproxime-se, envolva-se. Com certeza, a partir do momento que os colaboradores forem tratados como parte importante de um todo e não mais como simples grãos de areia na praia, trarão maiores resultados e terão orgulho de seu local de trabalho e da empresa que representam.

17/10/08 | Artigos, Liderança | Site do Autor