Como ser um líder criativo em um mundo flexível Barbacena, Minas Gerais

Nas empresas temos que ser criativos e flexíveis para lidar com situações adversas. Com esses princípios que foram descritos, temos condições de nos tornarmos um bom líder e, principalmente, de como lidar com as mudanças contínuas das instituições, pois a complexidade de hoje, com certeza não será a mesma de amanhã. Saiba mais no artigo abaixo.

Ise Atuária e Previdência Sc Ltda
(313) 261-2664
r Alpina, 2522, sl 504, Lindeia
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Soenf Cons Ltda
(353) 212-7822
r Doutor José Ribeiro Nogueira, 301, cs c, Três Corações
Tres Coracoes, Minas Gerais
 
João B Viana
(313) 273-4601
r Guajajaras, 910, sl 1611, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
ETC Entrega de Títulos e Contas Ltda
(313) 422-6288
pc Bonfim, 364, Bonfim
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Stone Distr Títulos Valores Imob
(313) 271-6144
r Janeiro, 600, cj 2003
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Serra Verde Corretora de Seguros Ltda
(313) 741-2002
r Sto Antônio, 853
Ouro Branco, Minas Gerais
 
Marco Aurelio Garcia Cons Econ e Finanças
(313) 281-9548
r Contorno, 6283, sl 1501, Palmares
Belo Horizonte, Minas Gerais
 
Maria H Carregal
(373) 222-9178
av Getulio Vargas, 421, Centro
Divinópolis, Minas Gerais
 
Mauro Gomide
(343) 236-1379
r Dq Caxias, 450, sl 1210
Uberlândia, Minas Gerais
 
Dominus Cons
(313) 763-4466
r Domingos Mendes, 9, sl 2
Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais
 

Como ser um líder criativo em um mundo flexível

Começaremos definindo criatividade que, segundo o dicionário Aurélio, é um adjunto de criar, inovar, reinventar, de fazer algo novo. Criatividade é um estado natural do ser humano de dar solução prática a um problema, é fazer algo novo, diferente e melhor. Todos podemos ser criativos, atualmente é uma característica muito requisitada pelas empresas.

Ser criativo é ser inovador, ter uma forma diferente de solucionar um problema com um novo rumo. As grandes idéias surgem em situações inesperadas que acabamos nem percebendo, criatividade é dar uma resposta simples, sair do padrão. Essas são algumas definições de criatividade.

" Criatividade não consiste só de idéias, é unir fantasias com concretização"
Grapeia, LS 28/01/2005

Por que não somos tão criativos? a criatividade depende de vários fatores, um dos grandes problema é a nossa cultura escolar e de criação, principalmente na forma que trabalhamos. A nossa vida escolar não nos prepara para sermos criativos, não somos estimulados a adquirir esta capacidade. Um bom exemplo é a forma como as maiorias dos professores aceitam as respostas das questões, exigindo-as sejam escrito literalmente como esta nos livros, objetivas e não reflexivas. Essa forma de ensino, que segue o modelo cartesiano francês, é uma prática antiga a qual ainda somos submetidos.

Um outro problema resulta da forma como somos criados, muitas vezes não estimulamos nossas crianças, não ouvimos o que elas querem dizer, isso é incorreto, pois, as bloqueamos. Imagine por exemplo uma criança que queira dizer algo para os pais, em um momento que estejam muito ocupados. Em vez de dedicarem um pouco de atenção a criança, simplesmente a ignoram e isso colabora para que a criança seja introvertida, como consequencia e sem que percebam a criatividade da criança é bloqueada.

Outro obstáculo encontra-se nas empresas, que em sua maioria são autoritárias e quando uma opinião é emitida pelo funcionário geralmente são ignorados ou mesmo repreendido. Atualmente já existem empresas que dão mais oportunidades para seus funcionários exporem suas idéias, mas infelizmente a grande maioria ainda é autoritária e acabam inibindo a criatividade dos funcionários.

Hoje, além de sermos pro - ativos e criativos, devemos ser líderes, entretanto, existem alguns requisitos básicos que devemos observar como os princípios descritos abaixo:

Principio 1 - Não critique, não condene, não se queixe.

Se um funcionário não cumpre a tarefa exigida corretamente, em vez de condená-lo, por que não explicamos de uma forma calma e natural o que ele pode fazer para melhorar? Com certeza o resultado será mais satisfatório, do que se o condenássemos por uma tarefa mal realizada, desmotivando-o e ferindo seu orgulho.

No lugar de condenar os outros, sejamos construtivos motivando-os e ajudando-os.

Principio 2 - Aprecie com honestidade e sinceridade

Nicolas, da empresa "Connecticut", tinha como responsabilidade, supervisionar um funcionário que não vinha trabalhando como se esperava. Os outros empregados da firma zombavam dele e sujavam os corredores para provar o péssimo serviço que ele prestava, a situação não era boa e perdia produtividade.

Nicolas, procurou motivar esse funcionário, quando fazia bem um determinado serviço, fazia questão de elogiá-lo pelo trabalho bem feito diante de todos os funcionários. Cada dia que passava o trabalho dele foi melhorando, em breve tudo que fazia, resultava em eficiência. Hoje, ele é um funcionário excelente todos elogiam e fazem questão de reconhecê-lo. O elogio honesto obteve resultados onde a crítica e a ridicularizarão falharam.

Magoar as pessoas, além de não modificá-las, jamais as desperta para suas atividades. Há um velho ditado que diz:

" Passei por este caminho uma só vez, por isso, se existe qualquer bem ou gesto de bondade que eu possa fazer em beneficio do ser humano, que eu faça já que eu não adie ou negligencie, pois por aqui jamais passarei."

Esqueçamos então a bajulação. Façamos um honesto e sincero elogio, "seja sincero na sua aprovação e coerente no seu elogio", as pessoas pesarão suas palavras e os resultados são surpreendentes.
Principio 3 - Desperte veemente desejo na outra pessoa.

Vamos imaginar a seguinte situação: Uma criança que se nega todo dia a tomar café da manhã, os pais utilizaram todos o métodos de repreensão, ameaças, castigos, tudo sem sucesso, então tentaram de outra forma. A filha gostava de imitar sua mãe para se sentir adulta e crescer mais rápido, assim certa manhã, o pai colocou-a numa cadeira e a deixou preparar sua alimentação, com uma atitude surpreendente, a menina disse: "Olha papai, hoje eu mesmo estou preparando meu mingau!" Nesse dia ela comeu 2 pratos. Mas por quê???

É simples, pois ela se sentiu importante. Porque não empregar a mesma psicologia nos negócios??? " Se há algum segredo de sucesso, ele consiste na habilidade de apreender o ponto de vista da outra pessoa" .

" Aquele que conseguir isso terá o mundo ao seu lado, aquele que não conseguir trilhará um caminho isolado"

Principio 4 - Como conquistar as pessoas a pensarem no seu modo.

Evite a discussão, acolha a divergência e lembre-se de que, quando dois sócios discordam sempre, um deles não é necessário. Se existe alguma questão sobre a qual você não teria pensado antes, agradeça se alguém chamar sua atenção talvez essa nova idéia seja a oportunidade de se corrigir antes de cometer um erro grave.

Desconfie da sua primeira impressão instintiva: Nossa primeira reação espontânea numa situação desagradável é de nos colocarmos na defensiva. Seja cuidadoso, mantenha calma e preste atenção na sua primeira reação, talvez ela não seja a melhor.

Controle seus impulsos: Lembre-se que você pode medir a grandeza de uma pessoa por aquilo que a deixa irritada.

Ouça em primeiro lugar: Quando seu adversário estiver falando, não resista, não se defenda e nem debata. Essas atitudes apenas levantam barreiras, procure construir pontes que conduzam à compreensão.

Procure áreas de concordância: Depois de ter ouvido o que seus adversários tem a dizer reflita sobre os pontos e as áreas com as quais você concorda.

Seja honesto: Procure pontos nos quais terá que admitir que errou e confesse. Peça desculpas por seus erros, essa atitude ajudará a desarmar seu adversário e reduzir a sua defesa.

Prometa que pensará sobre as idéias de seus adversários e as estude cuidadosamente.

Seja sincero, seus adversários podem estar certos, segue alguns princípios a serem seguidos:

• A única maneira de ganhar uma discussão é evitando-a.
• Respeite a opinião dos outros e nunca diga " Você está enganado"
• Se está enganado, reconheça o seu erro rápido e energicamente.
• Deixe a outra pessoa falar durante a maior parte da conversa. É muito importante deixá-la desabafar.
• Procure honestamente ver as coisas sob o ponto de vista da outra pessoa.
• Seja simpático com as idéias e anseios da outra pessoa.

Esses são os principais princípios para se obter sucesso quando se é líder de pessoas. Atualmente ter essas características é um desafio a ser vencido. O verdadeiro líder é aquele que conquista a confiança de seu subordinado, é a pessoa com quem todos querem se espelhar.

Agora que temos alguns princípios de liderança, explicaremos a seguir: Flexibilidade e suas conseqüências.

A palavra "flexibilidade" entrou na língua inglesa no século quinze. Seu sentido derivou originalmente da simples observação de que, embora a árvore se sobrasse ao vento, seus galhos sempre voltavam a posição normal. "Flexibilidade" designa a capacidade de ceder e recuperar-, do teste e restauração de sua forma. Em termos ideais, o comportamento humano flexível, deve ter a mesma força tênsil, de ser adaptável a circunstâncias variáveis, mas não quebrados por ela. A sociedade hoje, busca meios de destruir os males da rotina com a criação de instituições mais flexíveis. As práticas de flexibilidade, porém, concentram-se mais nas forças que dobram as pessoas.

O comportamento flexível gera liberdade pessoal? Ainda estamos dispostos a pensar que sim: imaginamos o "estar", a "mudança" o "ser adaptável" , como qualidades de caráter necessárias para livre ação. O ser humano é livre, porque é capaz de mudança. Em nossa época, porém, a nova economia política, trai esse desejo pessoal de liberdade. A repulsa à rotina burocrática e a busca da flexibilidade, produziram novas estruturas de poder e controle, em vez de criarem as condições que nos libertam.

O sistema de poder se esconder nas modernas formas de flexibilidade e consiste em três elementos: reinvenção descontínua de instituições, especialização flexível de produção e concentração de poder sem centralização.

Reinvenção descontínua de instituições: Os manuais e revistas de negócios hoje, tendem a retratar o comportamento flexível como exigindo o desejo de mudança, mas, na verdade, trata-se de um determinado tipo de mudança, com determinadas conseqüências para nosso senso de tempo. Em contraste, a mudança flexível, daquela que hoje ataca a rotina burocrática, busca reinventar decisiva e irrevogavelmente as instituições, para que o presente se torne descontínuo com o passado. Juntamente com a reinvenção, surgiu a reengenharia, que veio com o propósito de eliminar camadas desnecessárias , " reduzir e reestruturar" para fazer mais com menos, é uma forma de realizar uma demissão em massa;

Especialização Flexível: Em termos simples, a especialização flexível tenta pôr, cada vez mais rápido, produtos mais variados no mercado. Ela é também, a antítese do sistema de produção incorporado no fordismo. È atualmente, de uma forma muito especifica, na fabricação de carros e caminhões , a velha linha de montagem quilométrica observada por Daniel Bell, foi substituída por ilhas de produção especializada.

Concentração sem centralização: Umas das afirmações em favor da nova organização do trabalho é que descentraliza o poder, quer dizer, fornece às pessoas nas categorias inferiores dessas organizações, mais controle sobre suas atividades. Certamente é uma afirmação falsa, em termos das técnicas empregadas para desmontar os velhos colossos burocráticos. Os novos sistemas de informação, oferecem um quadro abrangente da organização dos altos administradores de uma forma de deixar o indivíduo em qualquer parte da rede, com pouco espaço para esconder-se, através de e-mails, metas mensais e etc.

Nas empresas temos que ser criativos e flexíveis para lidar com situações adversas. Com esses princípios que foram descritos, temos condições de nos tornarmos um bom líder e, principalmente, de como lidar com as mudanças contínuas das instituições, pois a complexidade de hoje, com certeza não será a mesma de amanhã.

Leonardo Soares Grapeia: Cursando Administração com ênfase em gestão de Negócios(UMC), trabalha em um grande Instituição Financeira, Fundador e Gestor do site www.agenegocios.com.br e do blog.agenegocios.com.br. Com vários artigos publicados nos sites; www.administradores.com.br, www.endeavor.org.br, www.artigos.com e www.webartigos.com.

Sobre o Autor

Leonardo Soares Grapeia

Artigos.com