Como superar a demissão Brasília, DF

A situação de ser demitido de um trabalho pode acontecer com qualquer um e por vários motivos. É completamente normal o descontrole emocional,a frustração e a insegurança que causa. Leia mais no artigo abaixo.

Agencia Comunica Publicidade
(61) 3964-1500
Scln, s/n Qd 110, Bl A, Sl-102 Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Agencia Neuronio Publicidade
(61) 3349-1373
cln 116 Bl F, s/n sl 105 Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Montadon
(61) 3327-7762
scrn 702/703 Bl C, s/n en 12 s 101Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Diart Agencia de Publicidade
(61) 3202-2490
cln 116 Bl D, s/n lj 102 A Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Agencia de Publicidade Dois Nove Meia
(61) 3307-1793
UNB, s/n bl A s 661/8 Campus Universitário
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Couto Propaganda e Marketing
(61) 3447-4477
cln 111 Bl C, s/n s 110 sl 109
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Central Midia
(61) 3322-5707
srtvs 70 bl 2/4 sl 324 Asa Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
DSP
(61) 3963-2929
snc 116 Bl E, s/n sl 111 A Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Decisiva Agencia de Publicidade
(61) 3202-0912
r Setor Habitacional Taquari, s/n sl 114 A Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Oitonos Propaganda e Marketing
(61) 9206-0738
r Quadra 08, 155 Condominio Parque Jardim Paineiras
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Como superar a demissão

Ao final do expediente você recebe uma notícia avassaladora: está demitido! Neste momento, você olha em direção de seus pés e sente estar caindo em um buraco escuro e sem fim, não achando nada para segurar e evitar a queda. Sente uma terrível sensação de abandono e impotência. O abandono é pela sua auto-estima a qual parece ter desaparecido e faz com que você fique formulando centenas de perguntas, todas começando com o famoso POR QUÊ????

Pode ter sido por redução de despesas, falta de resultados, problemas de relacionamentos entre tantos outros. Por mais que você procure, nenhuma das respostas obtidas irá fazer com que se reverta a decisão avassaladora que caiu sobre você.

E o que você deve fazer?

O momento agora é de decisão. Você pode escolher ficar se martirizando e não ir a lugar algum, ou pode escolher dar a volta por cima e conseguir uma vida mais agradável e buscar por sua realização profissional e pessoal. Com certeza, dar a volta por cima e seguir em direção de seus sonhos é o mais produtivo.

Veja algumas sugestões para superar este momento:

Não desconte sua raiva nos amigos e familiares. Eles não são culpados e querem muito colaborar para que você siga em frente e não se deixe abater. São pessoas que têm amor por você.

Não fique se lamentando. Levante a cabeça e refaça seus objetivos. Caso se deixe levar pelo "baque" não se sentirá a vontade para buscar novas oportunidades.

Você fez isso a vida toda? Pois é, está na hora de fazer algo diferente e melhor! Não se apegue a mesma função, atividade e segmento. Busque aprender coisas novas, ter flexibilidade e desenvoltura em outras atividades. Novas experiências proporcionarão maiores oportunidades a você.

Passe segurança. A você, seu cônjuge e filhos. Ficar inseguro é estar rotulando a si mesmo como alguém incapaz e levando a mesma insegurança para seus familiares. Não se sinta derrotado, pois este sentimento irá dificultar sua busca.

Distraia-se. Curta a família por alguns dias, pratique um esporte e brinque com as crianças. Estes jamais irão dar a sensação de que você está abandonado e não será justo que você se isole, causando este sentimento em relação a eles.

Participe de vários cursos, seja de pós-graduação, graduação ou extracurriculares. Além de melhorar suas habilidades, você estará aumentando seu networking e obtendo possíveis oportunidades de recolocação.

Não fale mal de seu último empregador. É normal ocorrer o sentimento de raiva da empresa ou profissional que o demitiu. Mas passado é passado. E se era tão ruim, você não deveria estar incomodado em ter sido demitido. Lembre-se dos bons momentos e do que você pode adquirir e desfrutar devido à empresa ter dado a oportunidade de você fazer parte da equipe. Ficar falando mal apenas irá criar o seguinte questionamento em seu próximo empregador: "se está falando do outro assim, provavelmente vai fazer o mesmo sobre minha empresa".

Mantenha a ética. Valorize você, seu trabalho, sua experiência e acredite em seu sucesso. A velocidade de sua realização dependerá da agilidade de seus passos!

05/02/09 | Artigos, Empregabilidade | Site do Autor