Empresas de monitoramento Brasília, DF

Um estudo liderado por astrônomos russos revela quais são os riscos de colisão de asteróides na Terra. Entenda quais são os curiosos planos de intervenção das rotas ameaçadoras. "Se um asteróide se aproximasse da Terra, ocorreria uma catástrofe. O mais perigoso de todos é o N29075, de 1,1 quilômetro de diâmetro, pois existe a possibilidade de que ele se choque com a Terra no ano de 2880", o autor cita o depoimento do astrônomo.

Accenture do Brasil Ltda
(61) 3039-8620
SHS Quadra 6, s/n, Bl E Sl 817, Asa Sul
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
KPMG Auditores Independentes
(61) 2104-2400
qd SBS Quadra 2, s/n, Sn Bl Q Lt 3 An 7 Sl 708, St Bancário Sul
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
Mendes Júnior Trading e Engenharia S/A
(61) 3321-2244
SAS, s/n, Qd 5 Bl N Ed OAB An 11 Sl 1101, Asa Sul
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
Adecco Top Services RH S/A
(61) 3272-2454
SCRN 706/707 Bloco E, s/n, Lj 18, Asa Norte
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
Sebrae Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
(61) 3348-7100
SEPN-515, s/n, Bl C An 3 Lj 32, Asa Norte
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
Aeronet Informática e Representação Ltda
(61) 3223-7475
SRTVS, 701, Bl O An 4 Sl 413, St Rádio Tv Sul
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
Dinamize
(61) 3274-1172
CLN 113 Bl C, s/n, Sn Sl 203, Asa Norte
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
TCBR - Tecnologia e Consultoria Brasileira S/A
(61) 3347-0088
SCRN-704/705, s/n, Sn Bl H Lj 33, Asa Norte
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
Birô de Comunicação Marketing e Eventos Ltda
(61) 3964-3363
SCS Quadra 7, s/n, Sn Bl O An 20 Sl 230, Asa Sul
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
Birô de Comunicação Marketing e Eventos Ltda
(61) 3964-3363
SCS Quadra 7, s/n, Sn Bl O An 20 Sl 230, Asa Sul
Brasilia, DF

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Empresas de monitoramento

Editoria: Vininha F. Carvalho30/6/2006

Astrônomos catalogam asteróides perigosos para a Terra

Astrônomos russos e de outros países criarão um catálogo detalhado de todos os asteróides que podem representar ameaça de colisão com a Terra, informou o Instituto de Astronomia Aplicada da Academia de Ciências da Rússia.

O catálogo, que deverá estar terminado em 2008, reunirá "toda a informação sobre cada asteróide e a descrição de sua órbita" para calcular se um dia poderia se aproximar da Terra e a que distância, disse à imprensa o diretor do instituto, Andrei Filkenshtein.

"Rússia, Estados Unidos e Japão começaram a elaborar programas de luta contra a ameaça dos asteróides há cerca de dez anos. A criação deste catálogo é imprescindível para evitar a colisão de algum corpo espacial com a Terra", explicou o cientista.

Filkenshtein acrescentou que este trabalho permitirá "estudar as órbitas de todos os asteróides para modificá-las, em caso de risco real", seja ao bombardeá-los com mísseis nucleares ou enviando uma equipe para perfurá-los e destruí-los com carga atômica, como faz o personagem de Bruce Willis no filme Armageddon.

O cientista relatou que os mais perigosos são os asteróides da classe AC3, pois 66% deles "representam uma ameaça para a Terra, porque suas órbitas se cruzam".

"Se um asteróide se aproximasse da Terra ocorreria uma catástrofe. O mais perigoso de todos é o N29075, de 1,1 quilômetro de diâmetro, pois existe a possibilidade de que ele se choque com a Terra no ano de 2880", disse o analista, segundo a agência Interfax.

Filkenshtein também informou que a Rússia está colocando em andamento um programa federal para a ameaça representada pelos asteróides e cometas, com cooperação da Agência Espacial Russa, a Academia de Ciências, o Ministério da Defesa e empresas da indústria militar.

Fonte: EFE

Clique aqui para ler este artigo na Animalivre