Conheça a reforma psiquiátrica Cuiabá, Mato Grosso

A reforma psiquiátrica brasileira será usada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como modelo internacional para a saúde mental. A OMS tem o intuito de melhorar o acesso ao tratamento para transtornos mentais, neurológicos e de drogas. Entenda mais no artigo abaixo.

Carlos Alberto A Maranhao
Av 31 - de Marco 889
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Jubert Sanches Cibantos Filho
(65) 3623-4023
Rua General Neves 111
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Med K Prod e Serv Médico Hospital e Laboratorial
(65) 3626-3997
av José Rodrigues do Prado, 252 Santa Rosa
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
AR Distribuidora de Medicamentos e Produtos Hospitalares Ltda
(65) 3634-3637
av Pedro Pedrossiam,Gov, 388, Campo Velho
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Henrique S Laboissiere
(65) 3623-2079
av das Flores, 843 s 34 Jardim Cuiabá
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Magno Stefani Cezar
Av. Presidente Marques 437
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Dulciyara Lopes, Drª
(65) 3023-9001
Tv Léo Edilberto Griggi, 75 Goiabeiras
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Clínica Magno Cézar
(65) 3623-5122
av Pres Marques, 441 Santa Helena-Quilombo
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Draúzio Antônio Medeiros
(65) 3624-3713
av Isaac Póvoas, 1124
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dra Maria do Socorro Cirurgiã Plástico
(65) 3623-8521
r Cmte Costa, 1496 Revivere Centro Sul
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Conheça a reforma psiquiátrica



A reforma psiquiátrica brasileira será usada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como modelo internacional para a saúde mental. Juntamente com a Mental Health Gap Action Program (mhGap), a OMS tem o intuito de melhorar o acesso ao tratamento para transtornos mentais, neurológicos e aqueles relacionados ao consumo prejudicial de drogas.

Itália, Holanda e Egito também confirmaram participação no grupo junto com o Brasil e outros três países serão convidados nos próximos meses pela OMS. Segundo o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, o convite feito pela OMS é uma confirmação de que o Brasil está no caminho certo.

O enfermeiro e tutor do Portal Educação , Alisson Daniel, ressalta que “este convite mostra que a política brasileira na saúde mental vem avançando para o país o reconhecimento da OMS”. Em visita ao Brasil, o diretor de Saúde Mental e Abuso de Substâncias da OMS disse que é nítida a evolução da política brasileira de saúde mental e a expansão do CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) ao longo dos anos.

O fortalecimento da atenção básica e da atenção psicossocial comunitária são recomendadas pela OMS que sugere que cada país encontre o melhor caminho, respeitadas as particularidades sociais, econômicas e culturais.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Psicologia Virtual