Conheça as facetas e próteses dentárias Fortaleza, Ceará

O artigo fala sobre facetas e próteses dentárias estéticas desde a resina a porcelana . O autor responde varias perguntas para tirar as suas duvidas. Leia o artigo e saiba mais.

Dr Andrade Neto
(85) 3088-3305
Rua João Carvalho, 300
Fortaleza, Ceará
 
Delano Maia Odontologia Estética
(85) 3086-0692
Rua Coronel Alves Teixeira, 2133 s 19 Aldeota
Fortaleza, Ceará
 
Sônia Maria Parente Coutinho
(71) 3341-5024
Av Tancredo Neves 1632 sl 802
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Wail Odontologia Especializada
(85) 3257-1516
Rua Soriano Albuquerque, 1010
Fortaleza, Ceará
 
Iracema L L Isele
(71) 3245-5409
Av Anita Garibaldi 1555 s 907
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Elias Faouzi Sassine
(67) 3439-1974
Rua Dr Geraldo Souza Rosa s/n qd 33 lt 18
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Neide Gonçalves de Freitas
(21) 2593-4941
Rua Manuela Barbosa 1 s 501
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Fernanda Rabelo Cunha
(31) 3225-6969
Rua Inconfidentes 657 sl 403
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Rossana Santos
(34) 3662-3624
Rua Pres Olegário Maciel 111 s 66
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Cristiane Sarmento Rodrigues
(31) 3261-7994
Rua Pernambuco 1002 s 304
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Conheça as facetas e próteses dentárias



Coroas (Jaquetas) Unitárias

0 que é coroa?
É o nome que se dá a uma prótese que visa substituir a coroa de um dente natural que foi prejudicada em sua estrutura e em sua beleza.

É necessário afinar (desgastar) o dente para confeccionar uma coroa?
Sim. Somente dessa maneira se obtém espaço suficiente para a confecção de uma coroa semelhante à forma e ao tamanho de um dente natural.

Quais os tipos de materiais utilizados?
Resina acrílica e porcelanas. Para dar maior resistência, pode-se utilizar estruturas internas de metal (ligas de ouro ou ligas alternativas).

Qual a diferença entre resina e porcelana?
A resina é um material de manuseio mais simples que a porcelana. Apresenta um maior desgaste e, com o tempo, a alteração da cor também é maior. A porcelana apresenta maior dureza e estabilidade de cor e supre melhor o quesito estético.

Há riscos de fraturas?
A coroa artificial, quando bem executada, corre os mesmos riscos que os dos dentes naturais, estando exposta aos mesmos acidentes. Os cuidados devem ser iguais aos tomados com os dentes naturais.

E necessário tratar o canal de um dente que irá receber uma coroa?
Sempre que possível, deve-se evitar o tratamento de canal. Isso, em algumas situações, é necessário para que, dentro do canal tratado, seja instalado um pino metálico, a fim de aumentar a resistência do dente e para reter a coroa artificial.

Enquanto a prótese é confeccionada no laboratório, o que se usa sobre o dente desgastado?
Coroas provisórias de acrílico, que são executadas imediatamente e colocadas sobre o dente desgastado, suprindo as necessidades estéticas e funcionais. Essa coroa, de pois, será removida e substituída pela chamada "definitiva".

Como a coroa é fixada ao dente?
0 próprio encaixe sobre o dente desgastado já é uma forma de retenção, que será melhorada com agentes cimentantes específicos que, além de aumentarem a retenção, irão promover o vedamento.

Qual o motivo do escure cimento próximo à gengiva?
Muitas vezes, esse escurecimento é causado pela transparência dos tecidos gengivais que, por serem finos, mostram a sombra de uma raiz escurecida. Outras vezes, é a cinta de metal que, por falha técnica, ficou visíbem executada, corre os um afastamento gengival expondo a área da emenda entre a coroa artificial e o dente.

Quanto tempo dura uma coroa?
A durabilidade dependerá, por parte do profissional, da acertada indicação, execução e escolha do material e, principalmente, por parte do paciente, através dos cuidados com a higienização e a utilização dessa prótese. Não existem prazos definidos de longevidade, por esta depender de inúmeros fatores.

Orientações sugeridas por Luiz Paulo Restiffe de Carvalho - Professor Coordenador e Responsável pelo Curso de Tratamento Clínico Integrado da EAP Central - APCD.

Fonte: REVISTA DA APCD V. 51, Nº 5, SET./OUT. 1997

Facetas Laminadas
0 que é faceta?
0 laminado é uma restauração que envolve apenas a face vestibular (frontal) dos dentes. Esse tipo de restauração pode ser executada com resina composta (diretamente na boca do cliente), com resina elaborada laboratorialmente ou, ainda, com porcelana, que traz as vantagens estéticas e de estabilidade de cor, também executadas no laboratório, ou seja, fora da boca.

Em que situação é recomendada?
A faceta Iaminada geralmente é recomenda da por motivos estéticos, tais como dentes escurecidos ou excessivamente restaurados na face frontal; além disso, pode corrigir o aspecto anatômico de dentes malforrnados.

Qual a vantagem desse tratamento?
A vantagem primordial consiste na preservação de estrutura dental sadia. Com essa técnica, desgastam-se menos os dentes.

Substitui a coroa de jaqueta?
Com certeza, nos casos onde é apenas necessário restaurar a face (vestibular) dos dentes, não estando as outras faces comprometidas por cáries ou restaurações, a ponto de justificar o desgaste para a colocação de jaqueta ou coroa metalocerâmica.

É resistente?
Os processos atuais e os materiais de confecção empregados hoje em dia, bem como a evolução dos métodos de colagem, tomaram as facetas laminadas um tratamento bastante confiável.

Destaca-se facilmente?
Não, desde que se providencie boa colagem e boa silanização (processo que possibilita adesão da resina cimentante com a superfície interna da faceta de porcelana).

A cor se mantém?
Têm boa estabilidade de cor, as facetas laminadas confeccionadas com porcelanas (cerâmicas) não sofrem alteração.

Precisa de controles e manutenção periódicos?
Como qualquer tipo de restauração, as facetas laminadas exigem reavaliação constante; contudo, a manutenção consiste apenas na higienização das superfícies dentais e, em especial, da junção dente-restauração.

Enquanto é feita, os dentes ficam desprotegidos?
Durante a fase de confecção da faceta laminada no laboratório, o dentista deve colar uma faceta de resina provisória com adesão limitada a uma pequena área, para facilitar a remoção na consulta final.

Qual a durabilidade?
A durabilidade está associada ao sucesso da colagem, tanto na superfície cerâmica quanto no dente, pois a porcelana, uma vez colada, torna-se extremamente resistente.

Orientações sugeridas por Sérgio Lian Branco Martins - Especialista em Prótese e Periodontia.

Fonte: REVISTA DA APCD V. 50, Nº 4, JUL./AGO. 1996

.Richard Morita

Dr. Richard Morita - Odontologia: Estética e Função - Cirurgião Dentista - Clínico Geral - CROSP 87.828 - Bacharel pela Univ. Estadual Paulista (Unesp) de S. J. dos Campos
Av. Onze de Junho, 142 - Vl. Clementino - S. Paulo - (11) 4112-1154 / 7960-2713
Visite:www.cirurgiaodentista.blogspot.com

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com