Agências de emprego Brasília, DF

Foi lançado recentemente o primeiro portal de empregos desenvolvido especificamente para pessoas com necessidades especiais. A Lei 8.213 existe desde 1991, e prevê cotas para portadores de deficiência no mercado de trabalho. Leia mais no artigo abaixo.

Cia Água e Esgotos Brasília Caesb
(61) 369-3655
r 9 Cj C Ae Caesb
Brasília, DF
 
Gravia Ind Perfilados Ltda
(61) 361-0444
r Sia, 2, lot 121
Brasília, DF
 
Almir F Gomes
(61) 328-2552
st Srtvn, 1035, Setor De Rádio E Televisão Norte
Brasília, DF
 
Cia Água e Esgotos Brasília Caesb
(61) 233-6165
r Sia Saps, 1, lot f
Brasília, DF
 
Alvorada Brindes
(61) 226-9231
r Scln, 201, bl a sl 124, Asa Norte
Brasília, DF
 
Ratia R Suffert
(61) 322-2945
r SCS Q, 8, bl b 60 sl 303
Brasília, DF
 
Cia Água e Esgotos Brasília Caesb
(61) 388-1466
r Coml Central, 2, bl e
Brasília, DF
 
Silk S Rezende
(61) 371-5892
r Qnm, 18, cj h lot 63 lj 1, Ceilandia
Brasília, DF
 
Arte Sul Brindes Com e Repres Ltda
(61) 225-0610
r Cln, 201, bl a en 48 sl 124
Brasília, DF
 
Jacomo M Perrucho
(61) 274-5534
r Cln, 408, bl e lj 68
Brasília, DF
 

Agências de emprego

Foi lançado recentemente o primeiro portal de empregos desenvolvido especificamente para pessoas com necessidades especiais.

A Lei 8.213 existe desde 1991, e prevê cotas para portadores de deficiência no mercado de trabalho. Pela lei, as empresas que têm de 100 a 200 funcionários devem reservar, obrigatoriamente, 2% de suas vagas para pessoas com deficiência, que pode ser visual, física ou mental.

O endereço www.selursocial.org.br vai hospedar o Sistema Integrado de Vagas e Currículos para Pessoa com Deficiência, a fim de que as pessoas com necessidades especiais se cadastrem e tenham acesso a vagas de emprego.

“Faz-se necessário a criação de novas oportunidades, pois é preciso socializar o direito de garantir o exercício mínimo que lhes resguarde a cidadania e a dignidade” declara Monica Vargas, tutora de Gestão e Liderança do Portal Educação .

As empresas também poderão consultar o site para contratar pessoas deficientes. O cadastro é feito de forma gratuita.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Gestao e Lideranca