Agências de emprego Londrina, Paraná

Foi lançado recentemente o primeiro portal de empregos desenvolvido especificamente para pessoas com necessidades especiais. A Lei 8.213 existe desde 1991, e prevê cotas para portadores de deficiência no mercado de trabalho. Leia mais no artigo abaixo.

Miguel Antônio Ramos Advocacia
(43) 323-6500
r Mato Grosso, 299, sl 101, Centro
Londrina, Paraná
 
Tática Marketing e Comunicação Sc Ltda
(43) 324-0757
pc Gabriel Martins, 77, sl 502, Centro
Londrina, Paraná
 
Vero Comunicação Sc Ltda
(43) 324-0077
r Cambará, 761, sl 202, Centro
Londrina, Paraná
 
Laboratório de Idéias Marketing Criativo
(43) 325-8825
r Minas Gerais, 297, sl 54, Centro
Londrina, Paraná
 
Advocacia Empresarial e Internacional Grassano e Assoc
(43) 624-6320
al Miguel Blasi, 51, sl 401, Centro
Londrina, Paraná
 
Ciloe Camisetas Promocionais
(43) 338-3072
r Serra do Maracaju, 150, Bandeirantes
Londrina, Paraná
 
Advocacia Pedro Yokoyama
(43) 330-2627
r Marcilio Dias, 227, Cambesa
Londrina, Paraná
 
March Cons de Comunicação Integrada
(43) 339-5354
r Para, 1531, sl 802, Centro
Londrina, Paraná
 
Ferrasa Com de Ferro e Aço Indl Ltda
(43) 329-0147
r Guaporé, 1305, Centro
Londrina, Paraná
 
Asses de Imprensa Alea Comunicação
(43) 326-4454
r Mato Grosso, 299, sl 1202, Centro
Londrina, Paraná
 

Agências de emprego

Foi lançado recentemente o primeiro portal de empregos desenvolvido especificamente para pessoas com necessidades especiais.

A Lei 8.213 existe desde 1991, e prevê cotas para portadores de deficiência no mercado de trabalho. Pela lei, as empresas que têm de 100 a 200 funcionários devem reservar, obrigatoriamente, 2% de suas vagas para pessoas com deficiência, que pode ser visual, física ou mental.

O endereço www.selursocial.org.br vai hospedar o Sistema Integrado de Vagas e Currículos para Pessoa com Deficiência, a fim de que as pessoas com necessidades especiais se cadastrem e tenham acesso a vagas de emprego.

“Faz-se necessário a criação de novas oportunidades, pois é preciso socializar o direito de garantir o exercício mínimo que lhes resguarde a cidadania e a dignidade” declara Monica Vargas, tutora de Gestão e Liderança do Portal Educação .

As empresas também poderão consultar o site para contratar pessoas deficientes. O cadastro é feito de forma gratuita.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Gestao e Lideranca