Agências de emprego Nossa Senhora do Socorro, Sergipe

Foi lançado recentemente o primeiro portal de empregos desenvolvido especificamente para pessoas com necessidades especiais. A Lei 8.213 existe desde 1991, e prevê cotas para portadores de deficiência no mercado de trabalho. Leia mais no artigo abaixo.

Raffa S
(79) 245-2249
r Santa Maria, 149, Santo Antônio
Aracaju, Sergipe
 
Camisa Cia
(79) 214-5781
r Própria, 47, Centro
Aracaju, Sergipe
 
Top Compose Cons em Comunicação
(79) 211-4102
av Barão de Maroim, 99, sl c, São José
Aracaju, Sergipe
 
Deso
(79) 224-5525
r do Brito, 331
Aracaju, Sergipe
 
Europa Vivagua Com e Serv Ltda
(79) 246-5193
r Jorge Ramos da Silva, 58, São Conrado
Aracaju, Sergipe
 
Aracaju Brindes
(79) 222-3249
r São Cristóvão, 461, lj 14, Centro
Aracaju, Sergipe
 
Fernanda Ca Lima
(79) 222-4722
r Amazonas, 299, Siqueira Campos
Aracaju, Sergipe
 
Edinolia L Santos
(79) 245-2513
av General Euclides Figueiredo, 1255, Indl
Aracaju, Sergipe
 
Didata Camisas Botons Brindes Diferenciados
(79) 211-7473
r Guilhermino Rezende, 209, São José
Aracaju, Sergipe
 
Algo Mais Confecções Ind e Com
(79) 217-1726
r Gutemberg Chagas, 416, Inacio Barbosa
Aracaju, Sergipe
 

Agências de emprego

Foi lançado recentemente o primeiro portal de empregos desenvolvido especificamente para pessoas com necessidades especiais.

A Lei 8.213 existe desde 1991, e prevê cotas para portadores de deficiência no mercado de trabalho. Pela lei, as empresas que têm de 100 a 200 funcionários devem reservar, obrigatoriamente, 2% de suas vagas para pessoas com deficiência, que pode ser visual, física ou mental.

O endereço www.selursocial.org.br vai hospedar o Sistema Integrado de Vagas e Currículos para Pessoa com Deficiência, a fim de que as pessoas com necessidades especiais se cadastrem e tenham acesso a vagas de emprego.

“Faz-se necessário a criação de novas oportunidades, pois é preciso socializar o direito de garantir o exercício mínimo que lhes resguarde a cidadania e a dignidade” declara Monica Vargas, tutora de Gestão e Liderança do Portal Educação .

As empresas também poderão consultar o site para contratar pessoas deficientes. O cadastro é feito de forma gratuita.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Gestao e Lideranca