Agências de emprego Três Lagoas, Mato Grosso do Sul

Foi lançado recentemente o primeiro portal de empregos desenvolvido especificamente para pessoas com necessidades especiais. A Lei 8.213 existe desde 1991, e prevê cotas para portadores de deficiência no mercado de trabalho. Leia mais no artigo abaixo.

Estrela Sorte
(67) 521-9995
av Capitão Olinto Mancini, 558, sl 2, Centro
Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
 
José Ln Moreira
(67) 481-2795
av Pedro Manvailler, 1072, Amambaí
Amambai, Mato Grosso do Sul
 
Baliza Coml Ltda
(67) 321-5142
av João Rosa Pires, 292, sl 4, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Com Purificador Ltda WO L
(67) 326-8469
r Ceará, 1553, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Chaveiro Marques
(67) 383-2247
r João Pedro de Souza, 540, Jardim Monte Libano
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Sanesul Emp Saneamento MS
(67) 521-3696
av Antônio Trajano, 511, Centro
Três Lagoas, Mato Grosso do Sul
 
Emp Saneamento Mato Grosso Sul Sanesul
(67) 341-3377
r Estrela do Sul, Vila Vilas Boas
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Emp Saneamento Mato Grosso Sul
(67) 326-8807
r Goiás, 718, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Carlos AF Ribeiro
(67) 325-1223
av Afonso Pena, 3927, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
 
Sanesiul Emp Saneamento Mato Grosso Sul
(67) 231-4333
r Cabral, 1018, Centro
Corumbá, Mato Grosso do Sul
 

Agências de emprego

Foi lançado recentemente o primeiro portal de empregos desenvolvido especificamente para pessoas com necessidades especiais.

A Lei 8.213 existe desde 1991, e prevê cotas para portadores de deficiência no mercado de trabalho. Pela lei, as empresas que têm de 100 a 200 funcionários devem reservar, obrigatoriamente, 2% de suas vagas para pessoas com deficiência, que pode ser visual, física ou mental.

O endereço www.selursocial.org.br vai hospedar o Sistema Integrado de Vagas e Currículos para Pessoa com Deficiência, a fim de que as pessoas com necessidades especiais se cadastrem e tenham acesso a vagas de emprego.

“Faz-se necessário a criação de novas oportunidades, pois é preciso socializar o direito de garantir o exercício mínimo que lhes resguarde a cidadania e a dignidade” declara Monica Vargas, tutora de Gestão e Liderança do Portal Educação .

As empresas também poderão consultar o site para contratar pessoas deficientes. O cadastro é feito de forma gratuita.

Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Gestao e Lideranca