Bioquimicos Rio Branco, Acre

Veja no presente artigo a bioquímica da gordura. A auto-oxidação de lipídios insaturados é autocatalítica, ou seja, a velocidade com que ocorrem as reações aumenta com o tempo devido à formação de compostos catalisadores da reação. Leia mais...

M. S. Pre-vestibular Ltda
(68) 3224-0726
r Venezuela, 658, Cerâmica
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Faculdade da Amazônia Ocidental
(68) 2106-8200
etr Dias Martins, 894, Ch Ipê
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
R. L. P. dos Santos - Me
(68) 3221-2301
r Deodoro,Mal, 236, 2 An, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Sociedade Educativa Acreana Ltda
(68) 3026-1717
av Getúlio Vargas, 1268, An 2 Sl 202, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Faculdade Barão do Rio Branco
(68) 3213-7070
rdv BR-364, 2000, Km 2, Dis Industrial
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
UFAC
(68) 3901-2571
rdv BR-364, 4000, Km 4, Dis Industrial
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
A F Carneiro
(68) 3224-1946
r Bartolomeu Bueno, 163, Cs, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
(68) 3223-3678
av Epaminondas Jacome, 1260, Base
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Instituto de Ensino Superior do Acre
(68) 3244-1282
tr Ponta Pora, 100, Capoeira
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
SESI - Serviço Social da Indústria - AC
(68) 3212-4200
av Nações Unidas, 3727, Estação Experimental
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Bioquimicos

Equipe Portal Orgânico
Chef Renato Caleffi

Processos de decomposição/deterioração/ degradação da gordura
Oxidação, hidrólise, rancificação

A auto-oxidação de lipídios insaturados é autocatalítica, ou seja, a velocidade com que ocorrem as reações aumenta com o tempo devido à formação de compostos catalisadores da reação. (Alquimia dos Alimentos)

Óleos e gorduras podem sofrer graus variados de reações de degradação. Quanto maior o grau de insaturação maior a suscetibilidade a tais reações. (Alquimia dos Alimentos)

A mais importante é a rancificação, que pode ter natureza hidrolítica ou oxidativa:

1) A rancidez hidrolítica ocorre durante o processo e o armazenamento de produtos gordurosos e pode ser de natureza química, autolítica ou microbiana. (Alquimia dos Alimentos)

2) A rancidez oxidativa, mais importante em temperatura ambiente que a hidrolítica, podem ocorrer pelos processos auto-oxidativos, fotoxidativo (oxidação fotossensibilizada) e enzimático. (Alquimia dos Alimentos)

3) A rancidez enzimática é causada pelas lipoxidades e desidrogenases, comum em plantas, sementes oleaginosas e cereais, onde os ácidos graxos liberados por lipases são degradados. É necessária a presença de pequena quantidade de água e de proteínas:

 Os produtos finais dão: metil-cetonas, responsáveis pelo odor de gordura de coco e de outras, também chamado de processo de ranço perfumado. São desejáveis pois podem resultar nos sensoriais de queijos roquefort e camembert.
 Curas com sal podem, sobretudo em carnes, ativar a lipoxidase, influenciando a oxidação lipídica.
4) A rancidez oxidativa resultam em sensoriais indesejáveis (compostos tóxicos, polímeros e compostos cíclicos, perda de algumas vitaminas lipossolúveis e de caroteno) ou desejáveis(Alquimia dos Alimentos):

 Hidroperóxidos são produtos resultantes da oxidação de ácidos graxos e colesterol, podendo resultar em irritação da mucosa intestinal, diarréia, degeneração hepática, até morte de células; promovem à perda parcial de vitaminas lipossolúveis, a co-oxidação da vitamina C, formação de lipídios oxidados antagonistas de nutrientes essenciais e a destruição parcial de ácidos graxos insaturados essenciais, além de resultarem em produtos secundários como:
 Malonaldeído, hidroxinonenal e acroleína, no qual estão relacionados ao aparecimento de arterosclerose, diabetes, anemia hemolítica, inflamações, mutagênese e câncer. (Alquimia dos Alimentos)
 Aldeídos e outros componentes voláteis que resultam odores desagradáveis a alimentos protéicos com carnes pré-cozidas com sensoriais de carnes requentada
 Formação de complexos entre moléculas de proteínas e lipídios, ou mesmo cisão da molécula de proteína, desnaturando-a e diminuindo sua solubilidade, inibição da atividade enzimática e alteração da textura.

Fonte: Chef Renato Caleffi

Clique aqui para ler este artigo na Portal Gastronomia