Lojas de chá Rio Branco, Acre

Conheça os benefícios funcionais da flor de hibiscus. Estudos indicam que a flor de hibiscus, pelo presença de moléculas chamadas de ácido elágico. Os flavonóides presentes na dieta podem estar envolvidos na preservação da aterosclerose por inibirem a oxidação das LDL, diminuindo sua aterogenicidade e, consequentemente, o risco de doença arterial coronariana.

F. Junior Vieira de Oliveira
(68) 3026-1046
r Deodoro,Mal, 159, Sl 244, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
I. J. Schaefer -me
(68) 3228-4088
av Getúlio Vargas, 3242, Vl Ivonete
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
J. Felix Ferreira
(68) 3026-1037
r Rio de Janeiro, 1854, Qd D 9 Cs 2, Base
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
E. C. Vieira - Me
(68) 3223-3857
r Hugo Carneiro, 227, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Cometa Restaurante Ltda
(68) 3224-2115
r Quintino Bocaiúva, 223, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Elcimar F. Ferreira
(68) 3223-3857
etr Usina, 1321, Aviário
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
D Lago
(68) 3026-2495
r Rubens Carneiro, s/n, Sn, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
D. M. S. Borges - Me
(68) 3226-6655
av Nações Unidas, 2123, Estação Experimental
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
F . Moura Felix - Me
(68) 3227-7182
r Rio de Janeiro, 1564, Floresta
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
A. Palu Junior
(68) 3224-1998
r Quintino Bocaiúva, 1452, Bsq
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Lojas de chá

Equipe Portal Orgânico
Chef Renato Caleffi

Os flavonóides são compostos potencialmente anticancerígeno, além de antioxidante, anti-cardiovascular. espasmolíticos, vasodilatadores, antiinflamatórios e antiulcerosos.

São oxidantes polifenóicos encontrados em algumas flores vermelhas como a flor de hibiscus, frutas vermelhas como amora, morango, uva, maçã, condimentos como o alho e cebola e algumas bebidas como o vinho tinto, suco de uva e chá verde. Alguns estudos demonstraram relação inversa entre a ingestão de flavonóides e a incidência de doenças coronariana. Os flavonóides presentes na dieta podem estar envolvidos na preservação da aterosclerose por inibirem a oxidação das LDL, diminuindo sua aterogenicidade e, consequentemente, o risco de doença arterial coronariana. (Chemin e Mura, 2007)

As antocianidinas e proantocianidinas perencem ao grupo de polifenóis; as antocianidinas são pigmentos que promovem as cores vermelha, rosa, roxa, laranja e azul das flores e frutos, elas são as responsáveis pelo potencial antioxidante das frutas vermelhas. As proantocianidinas, presente na flor de hibiscus, canela, cacau, maçã, uva, vinho tinto, também está associada ao sabor adstringente. (Béliveau e Gingras, 2007)

Estudos indicam que a flor de hibiscus, pelo presença de moléculas chamadas de ácido elágico. O ácido elágico pode aumentar a capacidade das células de se defenderem contra a agressão tóxica, estimulando os seus mecanismos de eliminação das substâncias cancerígenas; também inibe o processo de angiogênese, ou seja, desenvolvimento da vascularização dos tumores. (Béliveau e Gingras, 2007)

Sendo a planta hibiscus um alimento potencialmente funcional, seus benefícios fitoquímicos somente poderiam ser destacados se fosse cultivado de forma orgânica. A quantidade fitoquímica produzida está associada ao stress sofrido pela planta, portanto, vegetais orgânicos (menos protegidos), contêm maiores quantidades desses fitoquímicos. (Azevedo, 2006) Em relação aos quadros clínicos de câncer, vários estudos confirmam o poder fitoquímico relacionado ao combate do desenvolvimento dessas doenças.(Béliveau e Gingras, 2007) A maioria do compostos fitoquímicos são moléculas muito instáveis e sofrem aos efeitos diversos, tais como as etapas: pré-colheita e colheita, manipulação e armazenamento; técnica de cocção ou conservação; exposição das moléculas fitoquímicas; vulnerabilidade às ações do ar e às enzimática. (Béliveau e Gingras, 2007) Portanto, os produtos a base de Flor de Hibiscus orgânica além de desenvolver a cadeia produtiva orgânica, favorece a preservação fitoquímica e propriedades funcionais.

Fonte: Chef Renato Caleffi

Clique aqui para ler este artigo na Portal Gastronomia