Coreógrafo Brasília, DF

Se você tem algum histórico em dança, ou nas artes, você pode considerar uma carreira como coreógrafo. Essa é uma decisão de carreira que você vai querer fazer com a ajuda da sua família, amigos, e qualquer pessoa que houver lhe ajudado em sua carreira na dança. Ser um coreógrafo pode ser excitante e divertido, mas pode ser também muito trabalhoso.

Coreógrafo

O que é um Coreógrafo?

Um coreógrafo é a pessoa que desenvolve rotinas de dança, e geralmente é a pessoa que as ensina para outros. Portanto, o coreógrafo também pode ser chamado de professor de dança, mas eles possuem algumas diferenças. Um instrutor de dança ensina muitos tipos diferentes de dança e muitas vezes ensina danças que já foram desenvolvidas para seus alunos. Um coreógrafo é quem inventa as danças. Ele ou ela usam movimentos e passos de dança já conhecidos, e os mistura com movimentos diferentes que eles mesmos criam. Eles decidem os vários movimentos para cada parte da música ou rotina. Então, eles geralmente ajudam a ensinar aos dançarinos as rotinas que eles coreografaram. Portanto, são muito mais do que capitães de dança, embora eles mantenham todas as obrigações dos capitães de dança.

Coreógrafo Como uma Carreira

Muitas vezes, as pessoas decidem seguira a carreira de coreógrafo. Isso é algo que não acontece da noite para o dia, porque a pessoa precisa ter muito treinamento em dança para ser um verdadeiro coreógrafo. Muitas vezes, a pessoa que decide seguir a carreira de coreógrafo passou por muitos anos de treinamento em dança. Entretanto, eles também precisam ter uma grande dose de criatividade para criar os movimentos de dança e coreografar as rotinas. Ser um coreógrafo é uma carreira difícil, mas os que a escolhem acham muito recompensador. Geralmente, se uma pessoa escolheu a carreira de coreógrafo, ela vai ter que evoluir de coreografar pequenas rotinas e espetáculos locais, a grandes espetáculos. Este processo pode levar muitos anos.

Coreógrafo Mestre de Balé

Um coreógrafo mestre de balé é alguém que teve anos de treinamento em balé e progrediu ao ponto onde são capazes de criar rotinas de balé de acordo com a música. Na maioria das vezes, um coreógrafo mestre de balé é alguém que praticou balé a maior parte de sua vida. A pessoa deve ser capaz de entender e realizar todos os movimentos de balé, e deve estar no nível mais alto em seus estudos de balé para se tornar um coreógrafo mestre de balé. Então, eles serão capazes de criar rotinas e as ensinar para outros. Isso geralmente requer ainda mais treino. Se uma pessoa vai ser um coreógrafo mestre de balé, são boas as chances de que ela devotou sua vida inteira ao balé. Uma vez que a pessoa se torna um coreógrafo mestre de balé, ela pode pensar até em escrever seu próprio balé, do começo ao fim. Isso requer ainda mais trabalho, mas pode ser mais recompensador.

Coreógrafos Locais

Muitas vezes, uma pessoa começa sua carreira como um coreógrafo local. Há sempre oportunidades de fazer isso para grupos menores. Freqüentemente, escolas estão procurando por um coreógrafo para trabalhar com seus programas de música. Eles podem coreografar rotinas para grupos de canto, equipes de dança, ou torcidas. Muitas vezes, dependendo do tamanho da escola e do orçamento da escola, uma pessoa pode começar como um coreógrafo local mesmo que não tenha sido antes. Na maior parte do tempo, tudo que precisam é de um bom conhecimento em dança e a habilidade de criar rotinas. Começar como um coreógrafo local é uma excelente maneira de construir seu currículo e portfólio. Lembre-se que ser um coreógrafo é um trabalho duro, e é sempre importante trabalhar para chegar ao topo.

Escolas não são os únicos lugares para encontrar empregos para coreógrafos locais. Muitas vezes, programas comunitários têm equipes de dança ou dão aulas de dança, e podem estar precisando de um coreógrafo. Você também pode conseguir um emprego como capitão de dança que também faz a coreografia do espetáculo.

Coreógrafos Particulares

Às vezes, coreógrafos esforçam-se para continuar subindo na carreira para adquirir cada vez mais sucesso. Muitas vezes o resultado que cada coreógrafo espera alcançar é ter uma reputação boa o suficiente para ser oferecido um trabalho como coreógrafo particular. Esses são coreógrafos que trabalham exclusivamente com uma pessoa ou grupo de pessoas, geralmente na indústria da música ou da dança. Coreógrafos particulares podem receber muito dinheiro, e pode haver muita demanda por eles. Entretanto, coreógrafos particulares praticamente sempre vêm de uma grande seleção de pessoas que trabalham como coreógrafos há muitos anos. Não é sempre que uma pessoa que está apenas começando em sua carreira de coreógrafo pode esperar se tornar coreógrafo particular. Isso é algo que requer anos de trabalho duro.

Coreógrafos e Rotinas

Como um coreógrafo, você vai acumular várias rotinas desenvolvidas por você. Esse é o trabalho principal de um coreógrafo. Você vai receber uma seleção de músicas, ou pode ser necessário escolher uma música, e então você precisa desenvolver uma rotina de dança para ela. Muitas vezes, será esperado que você também ensine esta rotina de dança ou para um capitão de dança, ou para o grupo inteiro.

O primeiro passo para desenvolver uma rotina de dança como um coreógrafo é escolher sua música. Se a música foi escolhida para você, este é um passo que você não precisa fazer. Porém, talvez você precise escolher a música ou músicas. Lembre-se de levar em consideração o evento, o local, e o que você espera retratar através do número musical. Manter todas essas coisas em mente ajudará a escolher a melhor música possível para sua rotina. Lembre-se também que haverão seleções musicais diferentes se você estiver criando uma rotina de dança para muitas pessoas, ou para poucas pessoas apenas. As idades dos participantes também são importantes na hora de escolher uma música.

Após escolher a música para seu trabalho de coreografia, o próximo passo é escutar cuidadosamente a canção e mapeá-la. Você quer saber exatamente quantas vezes um refrão se repete, para que você tenha movimentos de dança empolgantes no refrão. Você também quer criar movimentos diferentes para os versos, então você precisa saber quantos deles há, e o que você quer fazer com eles. Você deve estar bem familiarizado com a música, e saber exatamente para onde ela vai.

Seu próximo passo será criar a rotina. Você precisa ter várias coisas em mente. Primeiro, lembre-se do nível de dificuldade, das idades, e níveis de experiência dos dançarinos. Tenha certeza de que a rotina que você criar reflita suas idades e quão bem irão entender os movimentos de dança. Não use movimentos muito difíceis para os dançarinos. Porém, não coreografe uma rotina muito fácil, porque então os dançarinos vão se entediar.

Após você ter projetado a rotina, tenha certeza de anotá-la e que você a conhece bem o suficiente para ensinar aos outros. Você precisa conhecer a rotina como a palma da sua mão, mas você também precisa anotá-la, para que capitães de dança tenham instruções para consulta. Então, é hora de ensinar a rotina. Se você está ensinando alguns capitães de dança, garanta que eles conheçam-na o melhor possível. Se você está ensinando a todos, você pode considerar designar algumas pessoas que aprendem rápido como capitães de dança, para que eles possam ajudar outros.

Educação Necessária para Tornar-se um Coreógrafo

Se você está interessado em tornar-se um coreógrafo, você deve considerar quais serão as implicações educacionais desta escolha de carreira. Você sabe que para a maioria das carreiras, uma boa educação é muito importante. Com um coreógrafo é o mesmo. Porém, a diferença está no tipo de educação de que você vai precisar.

Se você quer ser um coreógrafo, você precisa ter não apenas educação extensiva, mas também experiência extensiva em dança. Este é o aspecto fundamental mais importante da sua educação. Você precisa ter educação e experiência em dança no passado e no presente, não apenas os movimentos de dança mais novos, para ser um bom coreógrafo. Você também vai querer estudar dança de outras culturas, porque há muitos movimentos que você pode querer adicionar à sua rotina. É importante que você possa estudar todos os vários tipos de dança populares no momento, que já foram populares, e que são populares em outros lugares.

Não é apenas importante que você estude danças, mas também é importante que você seja bom em dança. Há uma diferença distinta aqui - uma pessoa pode saber todos os movimentos certos e executá-los sob comando, mas se não for um bom dançarino, não poderá executá-los tão bem. Portanto, além de apenas estudar as danças, você precisa aprender como fazê-las. Uma grande parte da sua educação para tornar-se um coreógrafo deve ser educação sobre seu corpo e como movê-lo. À medida que você progride na sua carreira de coreógrafo, você vai querer desenvolver seus próprios movimentos de dança, então garanta que você compreende como a dança funciona, assim como o funcionamento do seu corpo.

Crescendo Até Se Tornar um Coreógrafo

Uma das coisas mais importantes a serem lembradas sobre ser um coreógrafo é que esta é uma carreira que exige que você comece por baixo e vá subindo. Você não pode esperar ser um recém-chegado no campo da coreografia e imediatamente ter um emprego como coreógrafo particular. Nos campos da música e da dança, há uma grande força para se ter os melhores movimentos de dança possíveis, assim como ter as rotinas mais bem coreografadas. Portanto, ninguém vai contratar um coreógrafo que não possui uma experiência ampla.

Se você está interessado em ser um coreógrafo, a primeira coisa a se lembrar é que você precisa subir de baixo para cima. Veja se você pode se inscrever em aulas de dança ou numa escola de dança. Também procure por empregos de coreografia pequenos ou locais que você pode dar conta facilmente sozinho. Quanto mais desses trabalhos você fizer, melhor preparado você estará para trabalhos maiores e melhores.

Conforme você vai subindo, organize um portfólio dos trabalhos que você realizou. Anotar seus movimentos de dança, registrar as rotinas em foto e vídeo, e informações detalhadas sobre os tipos de coisas que você coreografou podem levá-lo a oportunidades de trabalho melhores no futuro. Seus próprios registros serão a melhor maneira de se mostrar.

Que Salário Você Deve Esperar Como Coreógrafo

O salário de um coreógrafo vai depender de vários fatores. Primeiro, vai depender de quantas coreografias você já fez. Segundo, vai depender de onde você está trabalhando e para que você está trabalhando. Muitas pessoas aceitam pequenos trabalhos de coreografia - como trabalhos em suas próprias escolas ou após a graduação - por pouco ou nenhum dinheiro porque é importante para adquirirem experiência. Porém, se uma pessoa é coreógrafa por muitos anos e é convidada para fazer uma rotina para um astro pop famoso, ela pode esperar um grande salário e grandes quantias de dinheiro. Portanto, é importante lembrar-se que seu salário como coreógrafo depende de quanta experiência você teve, assim como o tipo de trabalho que você está fazendo.