Cuidando das embalagens dos agrotóxicos Fortaleza, Ceará

No controle de pragas e doenças, a presença dos agrotóxicos vai sempre ser notada. Porem são produtos que podem, se não adotarmos medidas preventivas e de segurança, causar danos às pessoas, aos animais e ao meio ambiente. Por isto, o preparo da calda exige uma série de cuidados especiais.

cardinalefornos
(85) 9604-3511
R.gal.clarindo queiroz n.2000 ap. 303
fortaleza, Ceará
 
Cafe85
(85) 8505-2845
Rua Armando Oliveira, 361, Parquelandia
Fortaleza, Ceará
 
A Imunifor Imunizadora Fortaleza
(85) 231-2638
r Franklin Tavora, 548, c, Centro
Fortaleza, Ceará
 
Combat Controle de Pragas Urbanas e Saúde Publica Ltda
(85) 286-4422
r Kelly Melo, 1052, Messejana
Fortaleza, Ceará
 
Riva Dedet e Serv
(85) 272-8273
av Luciano Carneiro, 2585, bl a ap 103, Fátima
Fortaleza, Ceará
 
Frutstok Distribuidora
(85) 3224-7112
Rua 4 de outubro, 1508 - CJ Industrial
maracanau, Ceará
 
AA Elite Dedet
(85) 251-1221
r Sabiá, 215, sl 205, Joquei Clube
Fortaleza, Ceará
 
Excel Dedet
(85) 478-1144
r Dom Mauricio, 429, Cachoeirinha
Fortaleza, Ceará
 
Arm Dedet Ltda
(85) 231-2053
r Aquiles Bevilaqua, 36, Joaquim Tavora
Fortaleza, Ceará
 
Aderbal A Teixeira
(85) 290-1013
r Manaus, 1241, Henrique Jorge
Fortaleza, Ceará
 

Cuidando das embalagens dos agrotóxicos

No controle de pragas e doenças, a presença dos agrotóxicos vai sempre ser notada. Eles têm um papel importante no controle das infestações de insetos e das doenças que atacam as plantas ocasionando uma diminuição da produtividade. Entretanto, são produtos que podem, se não adotarmos medidas preventivas e de segurança, causar danos às pessoas, aos animais e ao meio ambiente. É no momento da preparação da calda que o trabalhador estará manuseando o produto e, obviamente, exposto à contaminação. Por isto, o preparo da calda exige uma série de cuidados especiais:

1. a embalagem deve ser aberta cuidadosamente para evitar o derramamento do produto e com isto contaminar os trabalhadores envolvidos e o piso do local onde a calda está sendo preparada;
2. durante a operação devem estar ao alcance das mãos protegidas com luvas, bem como todo o corpo, balança, copos graduados, baldes e funis. Estes materiais devem ser empregados apenas para esta finalidade. Nunca usados para outras finalidades que não seja o preparo das caldas. Os trabalhadores que não conhecem as medidas de segurança e de exposição aos produtos costumam dar uma lavadinha nos copos e enchê-los de água para tomarem;
3. após aberta a embalagem e retirado o produto, a mesma deve ser lavada imediatamente;
4. as embalagens lavadas deverão ser armazenadas em caixas de papelão, com suas respectivas tampas e rótulos, para entrega aos centros de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos ou ao fornecedor;
5. as embalagens lavadas não devem ser armazenadas dentro da residência ou do alojamento dos trabalhadores, bem como nas instalações de animais. Certifique-se que todas as embalagens usadas estão fechadas e guardadas no depósito;
6. os trabalhadores devem verificar se as embalagens estão bem lavadas e perfuradas no fundo. Esta perfuração é importante pois evita o uso das embalagens para outras finalidades ou sua reutilização;
7. a presença de crianças, pessoas desprotegidas (sem o equipamento de proteção individual - EPI) e animais não pode ser permitida;
8. as embalagens vazias não devem ser jamais queimadas, enterradas, despejadas no solo, jogadas na água, lagos e rios, ou deixadas à beira de rios e estradas. Se isto não for observado há sérios perigos de contaminação de pessoas, animais e rios e prejuízo ao meio ambiente;
9. as embalagens de plástico ou sacos de papel não podem ser lavadas. Para isto, devem ser esvaziadas completamente durante o uso e depois guardadas dentro de um saco plástico padronizado. Este saco padronizado deve ser adquirido em um Revendedor.

Destino das embalagens vazias

A Legislação obriga o empregador a devolver todas as embalagens vazias no local indicado pelo Revendedor de produtos agrotóxicos. Antes de devolver, o empregador deve preparar as embalagens contaminadas. Isto é importante pois quem não proceder assim estará sujeito à multas e será enquadrado na Lei de Crimes Ambient ais . Por isto o agricultor deve prestar atenção aos seguintes fatos:
A. recomenda-se o empregador a devolver as embalagens vazias após o término da safra . Assim o fazendo ele economizará no custo do transporte pois reunirá maior número de embalagens;
B. o empregador tem o prazo de 1 (um) ano, a contar do dia da compra , para devolver as embalagens vazias. Por sua vez, o Revendedor deve informar na Nota Fiscal de venda, o local para a entrega das embalagens vazias .

Clique aqui para ler este artigo na Agronomia Com Gismonti