Entenda porque a venda do MP3 pode ser proibida Colatina, Espírito Santo

A venda de MP3 poderá ser proibida, devido à riscos na audição. Ouvir música alta pode ser muito prejudicial a saúde auditiva das pessoas. Atualmente estes aparelhos de áudio são capazes de alcançar 120 decibéis, o que é equivalente ao ruído produzido por uma turbina de avião durante a decolagem.

Lojas Insinuante
(27) 3132-8333
av Princesa Isabel, 77, Centro
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Eletro Vídeo Ltda ME
(27) 3335-1012
av Saturnino Brito, 1415, Praia do Canto
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Eletroshow
(27) 3226-0481
r Pedro Nolasco, 141, Vale Esperança
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Casa e Vídeo
(27) 3322-0333
av Princesa Isabel, 511, Centro
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Lojas Americanas S/A
(27) 3322-0025
r Deputado Nelson Monteiro, 61, Centro
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Kilma Refrigeração
(27) 3235-2708
r Antônio Aleixo, 71, Horto
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Eletro City
(27) 3232-3000
av Princesa Isabel, 335, Centro
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
My PC - My pc Informatica
(27) 3062-8811
Rua Dom Pedro II, 549, Center Glória Shopping, loja 112
Vila Velha, Espírito Santo
 
Lojas Mig
(27) 3233-4343
av Jerônimo Monteiro, 808, Centro
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Comercial Superaudio
(27) 3314-9784
r Da Maria Rosa, 505, Andorinhas
Vitória, Espírito Santo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Entenda porque a venda do MP3 pode ser proibida



Música alta prejudica audição das pessoas Ouvir música alta pode ser muito prejudicial a saúde auditiva das pessoas. Sendo assim, o deputado Jefferson Campos (PTB-SP), criou um projeto de lei, que ainda está em fase de tramitação na Câmara dos Deputados, prevendo a proibição da venda de aparelhos eletrônicos como MP3 Player e até celulares, que ultrapassem a marca de 90 decibéis, o que equivalente ao barulho de uma avenida movimentada.

Atualmente estes aparelhos de áudio são capazes de alcançar 120 decibéis, o que é equivalente ao ruído produzido por uma turbina de avião durante a decolagem.

Os jovens são os mais afetados, uma vez que utilizam fones de ouvido que não filtram o som ambiente e, geralmente, são de baixa qualidade, o que “obriga” o usuário a aumentar o volume.

Segundo a Sociedade Brasileira de Otologia, quanto maior a intensidade, maior a chance de se desenvolver surdez mesmo que a exposição seja por um período menor.
Fonte: Portal Educação

Clique aqui para ler este artigo na Portal Fonoaudiologia