Empresas de adubação Rio Branco, Acre

A agricultura pode contar com mais um forte aliado: o lodo de esgoto, ou biossólido, que pode ser usado como adubo. O esgoto passa por um tratamento até resultar no produto, que está sendo pesquisado pela Embrapa Meio Ambiente para uso nas plantações. A técnica já é empregada há alguns anos, mas as pesquisas da Embrapa visam determinar métodos adequados para que seja usada com segurança.

Cardoso & Rodrigues Ltda
(68) 3227-6200
av Nações Unidas, 1538, Sl B, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Amazon Empreendimentos Imobiliarios
(68) 3026-2792
r Quintino Bocaiúva, 238, Cs, Bsq
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Ipe Construtora Moura Leite Imp. e Exp. Ltda
(68) 3026-2737
av Nações Unidas, 840, Fds, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Alves Informatica Ltda
(68) 3026-5074
r Bosco,Dom, 290, Tr Ed Lilian Deise, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Agencia Reguladora dos Servicos Publicos do Estado do Acre
(68) 3211-1800
r Valério Magalhães, 172, Prd, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
A C B Diogenes Me
(68) 3224-3887
r Rui Barbosa, 112, Sl 2, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Data Control Instituto de Pesquisa Ltda
(68) 3223-9063
tr Antimary, 273, Aviário
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Imobiliaria El Elyon Ltda
(68) 3226-1900
etr Dias Martins, 259, Estação Experimental
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Wolstein & Wolstein Ltda
(68) 3223-3303
cj Xavier Maia, s/n, Qd 23 Lt 7, Vl Ivonete
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
I C Maciel
(68) 3224-2307
r João Donato, 93, Ipase
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Empresas de adubação

Editoria: Vininha F. Carvalho24/3/2006

Esgoto pode ser usado na agricultura como adubo

A agricultura pode contar com mais um forte aliado: o lodo de esgoto, ou biossólido, que pode ser usado como adubo. O esgoto passa por um tratamento até resultar no produto, que está sendo pesquisado pela Embrapa Meio Ambiente para uso nas plantações. A técnica já é empregada há alguns anos, mas as pesquisas da Embrapa visam determinar métodos adequados para que seja usada com segurança.

O uso deve ser feito com cautela, com supervisão de profissionais especializados, engenheiros agrônomos ou florestais, capacitados a avaliar as características e concentrações de substâncias permitidas. O lodo pode apresentar resíduos tóxicos maléficos à saúde humana.

“Muitas questões ainda não foram respondidas pela pesquisa científica e esse é um fator ponderável a ser considerado quando de seu uso na agricultura”, coloca Wagner Bettiol, pesquisador da Embrapa Meio Ambiente.

A incorporação de nutrientes é um dos principais benefícios da técnica, mas ela é não garantia de uma absorção completa. “O lodo de esgoto leva ao solo as quantidades de nutrientes suficientes para as culturas, porém nem sempre de maneira equilibrada e em formas disponíveis para as plantas em curto prazo”, explica o pesquisador. A falta de potássio no lodo faz necessária a adição de adubos minerais. Outro benefício verificado nesse tipo de cultura é a retenção da água em solos arenosos e melhor permeabilidade nos argilosos.

Além da agricultura, o meio ambiente pode se beneficiar com a técnica, uma vez que o lodo acumulado, sem tratamento, pode contaminar lençóis freáticos e causar diversas doenças.

O lodo proveniente de regiões industrializadas necessita de atenção especial, devido a concentrações de elementos como zinco, chumbo, manganês, ferro, entre outros que, se elevadas, podem ser extremamente prejudiciais. Os patógenos humanos, como coliformes fecais, salmonela, vírus e helmintos, podem ser adequados com tratamentos específicos.

A Embrapa Meio Ambiente iniciou seus experimentos com a cultura de milho, com material coletado nas cidades paulistas de Franca - que tem esgoto somente doméstico - e Barueri, onde são tratados os esgotos da Grande São Paulo, resultando em grande concentração de produtos gerados nos processos de industrialização. Os estudos estão sendo realizados numa área experimental em Jaguariúna, no mesmo estado.

O Conama – Conselho Nacional de Meio Ambiente, desde 2003 discute a regulamentação nacional do uso do lodo de esgoto na agricultura, mas, de acordo com Bettiol, estados como São Paulo e Paraná já estabeleceram critérios próprios para a utilização, no caso do segundo mais restritivos.

No site do Conama, o andamento das discussões pode ser acompanhado, assim como os resultados das reuniões e as normas e regulamentações já vigentes. Entre os dias 29 e 30 de novembro passado, foi realizada a 80ª Reunião Ordinária. Clique aqui para conferir o trâmite da regulamentação para uso agrícola do lodo de esgoto.

Fonte: Danielle Jordan / AmbienteBrasil

Clique aqui para ler este artigo na Ecotour