Evitando inflamações em implantes dentários Cuiabá, Mato Grosso

Entenda como ocorre as inflamações na hora do implante dentário e como evita-las. A contaminação da superfície dos implantes pode ocorrer em qualquer estágio, incluindo manufatura, esterilização, exposição ao ar durante o procedimento cirúrgico e após a instalação da prótese. Veja mais...

Henrique Duque de Miranda Chaves Filho
(31) 3891-1290
Rua Benjamin Araújo 56 s 509
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Marcos Rogério Fonseca
(37) 3321-1412
Rua João Domingos Fonseca 138
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Sebastião A Souza
(31) 3271-9480
Rua Carijós 424 s 1006
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Sérgio Ricardo Florentino de Souza
Rua Cap Manoel Miranda 777
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Gilvan Tramonte Guimarães dos Santos
(35) 3735-1091
Rua Dr Barros Cobra 28
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
João Carlos de Assis Moya
(61) 3273-3762
CLN 305 Bl D s/n s 207
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Josélio Pinto Barbosa Furtado
(33) 3344-1833
Av Natal Rodrigues Pereira 348 sl 2
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
William F Domingues
(31) 3831-6195
Av João Pinheiro 516 s 11
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
João Lins Costa
(51) 3226-2583
Rua Vig José Inácio 566 ap 708
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Osni Franz Júnior
(48) 3263-6542
Rua 13 de Novembro 120
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Odontologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Evitando inflamações em implantes dentários

Proposição O trabalho objetivou estudar a prevalência destas bactérias em quadros de perimplantite e testá-las frente a alguns antibióticos. Materiais e métodos O critério de inclusão de Michigan foi utilizado, para avaliar os índices microbiológicos em pacientes atendidos em um serviço de emergência odontológica na grande São Paulo, sendo 11 pacientes do gênero masculino e 6 do gênero feminino, com idades entre 26 e 58 anos .Os enterococos crescem rapidamente em meios de cultura não seletivos como Agar Sangue ou Agar Chocolate, embora os enterococos possam assemelhar-se aos Streptococcus pneumoniae, em amostras coradas pelo método de Gram os microrganismos podem ser facilmente distinguidos, baseando-se em reações bioquímicas simples (por ex. os enterococos são resistentes a optoquina, não se dissolvem quando exposto à bile e hidrolizam proteínas) são necessários testes fenotípicos (por ex. produção de pigmento e motilidade) e bioquímicos, para diferenciar o Streptococcus faecalis de outras espécies de enterococos (1) . As amostras foram obtidas através do uso de cones de papel estéreis e semeadura e incubação em caldo enriquecedor e, posteriormente, em Agar, seguindo-se o manual de Konemann para rotina de isolamento e identificação dos enterococos. Os enterococos isolados e identificados foram submetidos à ação de antibióticos, através do uso de discos de antibiograma impregnados com cefalexina, penicilina, tetraciclina, ácido clavulônico e oxacilina. Resultados Um total de 21 áreas perimplatares inflamadas foram avaliadas, sendo material biológico coletado e isolados microrganismos, sendo que em 6 casos foram encontrados E.faecalis, que foram submetidos a ação da concentração inibitória mínima dos referidos antibióticos. Os resultados indicam que todos os enterococos são resistentes a peniclina e a oxacilina e 4 deles resistentes ao ácido clavulônico , sendo 2 resistentes à tetraciclina e 1 resistente a cefalexina. Conclusão Podemos concluir que a contaminação da superfície dos implantes pode ocorrer em qualquer estágio, incluindo manufatura, esterilização, exposição ao ar durante o procedimento cirúrgico e após a instalação da prótese, pelo acúmulo de biofilme na cavidade da boca, existindo uma incidência significativa destas bactérias nos quadros infecciosos estudados (2) , sendo que a orientação de higiene oral e pessoal ao paciente é fundamental, para a diminuição da veiculação destes patógenos, além da indicação de procedimentos laboratoriais em microbiologia oral no sentido de identificar esses enterococos e favorecer o sucesso terapêutico. 1 -Young MP, Carter DH, Worthington H, Korachi M, Drucker DB.Microbial analysis of bone collected during implant surgery: a clinical and laboratory study. Int J Oral Maxillofac Implants. 1995 Sep-Oct;10(5):578-82. 2- Lang NP, Wilson TG, Corbet EF.Biological complications with dental implants: their prevention, diagnosis and treatment. Med Oral Patol Oral Cir Bucal. 2004;9 Suppl:69-74; 63-9.

Clique aqui para ler este artigo na WebArtigos.com