Exame de DNA e bafômetro Belo Horizonte, Minas Gerais

A realização dos exames de DNA e o teste do bafômetro têm gerado divergências e a discussão e estão longe de acabar as polêmicas.A nossa Constituição Federal garante que ninguém seja obrigado a fazer prova contra si mesmo.

Advocacia Comercial
(31) 3295-2645
av Augusto Lima, 1646 S 907, Barro Preto
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Advocacia Empresarial Doutor Vinícios Leôncio
(31) 3291-5552
r Bernardo Guimarães, 2978, Lourdes
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Advocacia Celso Botelho de Moraes S/c
(31) 3337-9406
av Contorno, 8000 S 1308, Lourdes
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Advocacia de Família
(31) 3295-6030
r Juiz de Fora, 284 Cjs 410, Barro Preto
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Advocacia Brito
(31) 3271-0174
av Contorno, 11460, Barro Preto
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Advocacia Despachante e Prestação de Serviços
(31) 3272-2012
r Carijós, 136 An 9 S 902, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Adriano Stanley Advocacia e Mediação
(31) 3241-6989
av Andradas, 2287 S 1410, Floresta
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Advocacia Araújo
(31) 3222-2441
av Amazonas, 885 S 331,Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Advocacia e Consultoria Joel Rezende Júnior
(31) 3212-3252
r Curitiba, 778 Cj 202, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Advocacia Daniel Cesar Coelho e Glauciane Melo
(31) 3222-6155
r Guajajaras, 40 S 302, Centro
Belo Horizonte, Minas Gerais

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Exame de DNA e bafômetro

A nossa Constituição Federal garante que ninguém seja obrigado a fazer prova contra si mesmo (nemo tenetur se detegere ) e que são invioláveis intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas. Mas, garante também os direitos à identidade e os direitos coletivos.

No entanto, estes não podem se sobrepor àqueles. Entendo que, se a pessoa nega-se a fazer o exame de DNA, isso não poderá pesar sobre ele, á que é uma garantia constitucional.

Negar-se a fazer o teste do bafômetro, gera a presunção, mas não tipifica a infração do artigo 330 do C.P., acarretando, no entanto, sanções administrativas.

Como advogado de defesa, penso que devemos pugnar pela inconstitucionalidade de tais medidas. A favor do cliente que sofrer constrangimento ilegal, cabe habeas corpus.

Sobre o Autor

Roberto Bartolomei Parentoni é Advogado Criminalista - www.parentoni.com - militante há mais de 18 anos, professor e autor de livros jurídicos, especialista em Direito e Processo Penal, atual presidente do IDECRIM - Instituto de Direito e Ensino Criminal - www.idecrim.com.br -


Artigos.com