Excesso de peso pode ser sinônimo de desequilíbrio na tireóide Caucaia, Ceará

"Engordar ou emagrecer de repente, sem fazer nenhuma modificação no cardápio ou na rotina de atividades, são indícios que algo não funciona bem com a tireóide", introduz o autor. Compreenda como a glândula da tireóide altera as funções metabólicas. Confira também o tratamento recomendado pelo endocrinologista Pedro Saddi.

Caesar Augustus B Fontes
3368-8995
Av Edson da Mota Correia 714
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Genética Médica

Dados Divulgados por
Adriana Alencar Araujo
3288-4494
R Papi Junior 1222
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Maria de Jesus S de Andrade
3486-6161
Av Dom Luis 1233
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Ana Virginia M da F Ribeiro
3461-3131
R Doutor Jose Lourenco 1860
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Roseane Feitosa de Oliveira
(85) 3264-7174
Av Santos Dumont 2626
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Jose Alberto Rocha
3368-8999
Av Edson da Mota Correia 714
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Maria do Socorro Silveira Magalhaes
Rua Pe Luis Figueira 550
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Jose Gonçalves Moreira Filho
(85) 3257-5566
Rua Silva Paulet 2690
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Heloisa Beatriz de Holanda
3271-2091
R Doutor Jose Furtado 1660
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Luciana Maria Caccavo Miguel
(85) 9995-3903
Visconde de Maua 556
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Excesso de peso pode ser sinônimo de desequilíbrio na tireóide

Fornecido por:

Engordar ou emagrecer de repente, sem fazer nenhuma modificação no cardápio ou na rotina de atividades, são indícios que algo não funciona bem com a tireóide, glândula responsável pelo funcionamento do metabolismo. "Essa glândula produz um hormônio chamado T4 (tiroxina), que regula o gasto de energia do corpo", explica o endocrinologista da Unifesp, Pedro Saddi. Localizada no pescoço, logo abaixo da região conhecida como pomo de adão, a glândula pode sofrer alguns desequilíbrios, causando mudanças notáveis ao organismo. Os distúrbios estão relacionados ao funcionamento acelerado ou lento demais da tireóide."Quando a glândula produz T4 em excesso, o paciente fica constantemente nervoso, trêmulo, sente palpitações, sofre de pressão alta, tem muita fome e, mesmo comendo bastante, não engorda. É o que chamamos de hipertireoidismo", diz Pedro.

Ainda de acordo com o especialista, sintomas menos comuns, mas que ta...

Clique aqui para ler este artigo na Minha Vida