Hábitos! O vilão da idade. Caucaia, Ceará

Os hábitos podem causar estagnação mental,por isso é importante lutar e criar flexibilidades no comportamento diariamente.Por volta dos trinta anos os hábitos estão formados e a pessoa tende a viver apenas no interesse de suas experiências anteriores, a vida se transforma em uma repetição, quase não havendo novos sentimentos, novas emoções, novos desejos e tarefas.

Jose Alberto Rocha
3368-8999
Av Edson da Mota Correia 714
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Glauceneide de Barros Figueiredo
3226-1896
R Barao do Rio Branco 1736
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Irene de Castro Maia Nogueira
Av Antonio Sales 2933
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Maria Lucia Martins de Aragao
3244-2527
R Cel Juca 1367
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Deborah Nunes de Melo Braga
3088-2440
R Nunes Valente 2105
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Caesar Augustus B Fontes
3368-8995
Av Edson da Mota Correia 714
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Genética Médica

Dados Divulgados por
Madison Gomes Montalverne
3226-1177
R Antonio Augusto 1271
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Maria de Jesus S de Andrade
3486-6161
Av Dom Luis 1233
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Jose Pedro Menezes Silva
3267-6625
R Tomas Rodrigues 60
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Eliane Simone Costa C Aragao
3246-8719
Av Barao de Studart 2500
Fortaleza, Ceará
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Hábitos! O vilão da idade.

A natureza não estaciona em sua caminhada, a força criadora do homem pode ser mantida, mesmo numa idade em que a maioria já não consegue mais lutar, é necessária uma certa flexibilidade nos hábitos que impeçam a estagnação mental.

Por volta dos trinta anos os hábitos estão formados e a pessoa tende a viver apenas no interesse de suas experiências anteriores, a vida se transforma em uma repetição, quase não havendo novos sentimentos, novas emoções, novos desejos e tarefas. Fazemos várias atividades novas, porém novas apenas exteriormente por que quando chega a hora de novas experiências, os velhos hábitos entram em choque com os novos problemas e a pessoa fica desnorteada, frustrada por não poder produzir mais e vem a sensação de fracasso, sem entender que a natureza do homem consiste apenas em hábitos adquiridos que podem ser modificados.

A própria velhice é uma questão de hábitos e não de anos de vida. A atrofia dos hábitos de aprender é que criam as dificuldades em novo aprendizado e, essa incapacidade não se deve a idade isso é causado pelos hábitos que se interpõem.

A dificuldade de pessoas com mais idade não esta na diminuição de sua capacidade de aprender e sim no fato de manter sua capacidade sem exercitar, desta forma o hábito se torna tão pesado que suprime a capacidade de criação do individuo.

Conforme vão passando os anos às pessoas com mais idade, manifestam uma resistência para modificar-se a si mesmo e não acompanham a evolução do meio em que estão inseridas, não querem mudar seus hábitos.

Com o envelhecimento as novidades parecem coisas fora do lugar, aparece à disposição para critica a tudo que é novo. Constata-se assim que a diminuição da capacidade do trabalhador idoso é mais uma questão de hábitos arraigados do que de idade. Com isso o tecido dos nervos da pessoa adquire tanta rigidez que acaba por destruir sua individualidade, inutilizando-a.

Solução? Romper a rotina dos hábitos. Mudar a forma de agir diária, variar constantemente a maneira de executar as ações. Mudar o vestir, cores, hábitos alimentares, caminhos rotineiros, procurar outras formas de distrações, conhecer outras pessoas, viajar, abrir-se ao novo. Desta forma com o interesse em novos objetivos, estaremos interessando as partes não usadas do cérebro e nos sentiremos jovens novamente.

Ao adotar normas para manter a mente desperta, os resultados aparecem e a pessoa vai estar preparada para adaptar-se a novas situações e terá facilidade para realizar novos trabalhos em qualquer idade, conservando sua eficiência. O jovem se entusiasma com a vida por que é jovem, uma mente que tenha se mantido flexível através dos anos, é sempre jovem

Sobre o Autor
Psicologia

Artigos.com