Logística - Um grande desafio para o produtor Rio Branco, Acre

Sabemos que um dos maiores desafios dos produtores agrícolas do Brasil, está na relação armazenagem/distribuição de produtos, principalmente "in natura", que necessitam chegar rapidamente a mesa do consumidor. A carência de toda uma infra-estrutura adequada, começa desde a embalagem especial, até o transporte. Veja mais no artigo abaixo.

I. J. Schaefer -me
(68) 3228-4088
av Getúlio Vargas, 3242, Vl Ivonete
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
A. Palu Junior
(68) 3224-1998
r Quintino Bocaiúva, 1452, Bsq
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Elcimar F. Ferreira
(68) 3223-3857
etr Usina, 1321, Aviário
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Cometa Restaurante Ltda
(68) 3224-2115
r Quintino Bocaiúva, 223, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
J. Felix Ferreira
(68) 3026-1037
r Rio de Janeiro, 1854, Qd D 9 Cs 2, Base
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
D Lago
(68) 3026-2495
r Rubens Carneiro, s/n, Sn, Abrahão Alab
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
F. Junior Vieira de Oliveira
(68) 3026-1046
r Deodoro,Mal, 159, Sl 244, Centro
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
E. C. Vieira - Me
(68) 3223-3857
r Hugo Carneiro, 227, Bosque
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
D. M. S. Borges - Me
(68) 3226-6655
av Nações Unidas, 2123, Estação Experimental
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
F . Moura Felix - Me
(68) 3227-7182
r Rio de Janeiro, 1564, Floresta
Rio Branco, Acre

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Logística - Um grande desafio para o produtor

Sabemos que um dos maiores desafios dos produtores agrícolas do Brasil, está na relação armazenagem/distribuição de produtos, principalmente "in natura", que necessitam chegar rapidamente a mesa do consumidor, tendo ainda como agravante, um país com a imensa extensão territorial como o nosso.

A carência de toda uma infra-estrutura adequada, começa desde a embalagem especial, até o transporte e estocagem em armazéns frigoríficos.

Posteriormente nossas estradas. Ou encontram-se em estados deploráveis (rodovias estatais), ou são custosas demais devido ao alto preço dos pedágios (rodovias privatizadas), onerando de uma forma ou de outra, o custo final desses produtos.

Por tudo isso, já foi constatado que a regionalização é a grande saída para esses percalços logísticos. Ou seja, os envolvidos com a compra e venda de produtos orgânicos destinados ao consumo interno, já sabem que tirar benefício de sua localização geográfica, é a solução para que ambos os lados sejam beneficiados, pois a produção escoa rapidamente para o local mais próximo de sua propriedade.

Parece óbvio. No entanto, deparamos com outro fator agravante desta problemática, a falta de comunicação entre as partes envolvidas.

Temos constatado um grande apelo por parte dos compradores de produtos orgânicos, quanto a dificuldade desta efetiva aproximação.

Portanto, não temos perspectivas de solução a curto prazo para esta imensa problemática logística que aflige toda a cadeia produtiva de nosso país, pois sabemos que isso envolve muito tempo, além de muito dinheiro e vontade política de nossos governantes.

Por isso, em se tratando de mercado interno de compra e venda de produtos orgânicos, estamos apostando na tecnologia, na interatividade e na comunicação setorizada como forma de abrandar este problema, pois somente através da disponibilização de canais de divulgação, bem como de serviços (compra e venda), etc.., é que esta aproximação se efetivará.

Nota: É proibida a reprodução deste texto em qualquer veículo de comunicação sem a autorização expressa do autor. Só serão permitidas citações do texto desde que acompanhadas com a referência/crédito do autor.

Fonte: Equipe Portal Orgânico - Maria Regina Chiarinelli

Clique aqui para ler este artigo na Portal Agricultura