Logotipo ou Símbolo? Caucaia, Ceará

Esse artigo é sobre a estratégia de uso de Logotipo (apenas texto) ou Símbolo/Signo Gráfico para representar uma marca, produto ou serviço.Qual estratégia é melhor? Quando usar uma ou outra?

Publycar Táxidoor Ltda
(85) 3088-9091
Av Santos Dumont, 1687 - Aldeota
Fortaleza, Ceará
 
Link´s Comunicações & Serviços
88 34373159 88 99956881
Av. Alaor Cavalcante Mota, 19
Tauá, Ceará
 
Traços Design e Marketing
(85) 3082-1550
Rua Catão Mamede, 805 - Aldeota
Fortaleza, Ceará
 
3Orbi Comunicação
(88) 9944-4139
Av. Dr. Floro Bartolomeu
Juazeiro do Norte, Ceará
 
JC de Sousa Publicidade
(85) 342-2525
r Coronel Correia, 1690, Parque Soledade
Caucaia, Ceará
 
Visãopropag Bureau de Criação Corporativa
(85) 8840-0075
Andre Dallolio 530 Papicu
Fortaleza, Ceará
 
Mister Colibri
(85) 9694-4837
Rua Mário Mamede, Fátima, Fortaleza/CE
Fortaleza, Ceará
 
3Orbi Comunicação
(88) 9944-4139
www.3orbi.com.br
Juazeiro do Norte, Ceará
 
divulgação com resultado
(85) 4141-7953
alfredo de castro
fortaleza, Ceará
 
Julio Holanda F
(85) 254-4705
r General Sampaio, 110, sl 36, Centro
Fortaleza, Ceará
 

Logotipo ou Símbolo?

Apesar do título, esse artigo não é para discutir nomenclatura, se é logomarca, marca, logotipo, etc, apesar de eu concordar com a Ana Luísa Escorel em seu livro O Efeito Multiplicador do Design, que o termo logomarca é errado.

Esse artigo é sobre a estratégia de uso de Logotipo (apenas texto) ou Símbolo/Signo Gráfico para representar uma marca, produto ou serviço.

Qual estratégia é melhor? Quando usar uma ou outra?

Em linhas gerais, utilize um símbolo ou signo gráfico quando:



  • Seu nome for muito genérico, não traduz bem o posicionamento da empresa ou é fraco em personalidade.


  • Precisa de um emblema no produto (como um tênis, por exemplo).


  • É preciso ligar subsidiárias à matriz e por algum motivo não se pode ou não se quer utilizar nomes.


  • Tem ou pode investir em uma mídia abrangente, que ensine o público o que o símbolo significa.




Escolha um logotipo quando:



  • Seu nome for moderadamente diferente mas não ainda uma palavra familiar.


  • Desejar associar produtos ou filiais com a matriz mais claramente e diretamente do que um símbolo permite.


  • O investimento em comunicação for limitado e deve focar no reconhecimento do nome.




De qualquer forma, o uso de um logotipo ou um símbolo tem que estar de acordo com conceitos estudados pelo designer gráfico e com a estratégia da empresa. Até por isso, vemos várias marcas tendo seus elementos visuais alterados de tempos em tempos, para atingir os resultados desejados muitas vezes por mudança de estratégia interna, novas mídias, entre outras.

Sobre o Autor


Pedro Assumpção é pós-graduado em Design Gráfico, trabalha com Tratamento de Imagens, desenvolve sites utilizando Web Standards, Css e Php, mas acima de tudo tem Jesus Cristo como Senhor de sua vida. Possui um blog sobre design gráfico, tipografia e web standards chamado Codesignville. Seu Portfolio em Design Gráfico e Web Design pode ser conferido em Modena Design Studio. Atualmente mora em Blumenau, SC, Brasil.

Artigos.com