Pintura de carros Brasília, DF

Aprenda a cuidar da pintura do seu carro. Evite que ela se torne opaca ou que ocorram manchas. Saiba como escolher a melhor lavagem, retirar adesivos, remover manchas, além de outras orientações.

Auto Ford
(61) 9614-5924
sclrn 712 Bl E, s/n Lj 42, Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Papas Veículos Ltda
(61) 3272-2113
sclrn-708/709, s/n, Bl D Lj 18, Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
100 Serviços Automotivos Ltda
(61) 3443-8324
crs 507 Bl A, lj 33, Brasília
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Auto Elétrica e Mecânica Planalto
(61) 3347-8360
sgan 905, s/n md A, Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
JN Center Car Ltda
(61) 3465-2006
sofNorte Qd. 4 Cj. C Lt. 01, Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Auto Guimarães
(61) 3346-2514
crs 514 Bl C, s/n lj 32/33, Asa Sul
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Auto Corujinha
(61) 3273-9900
scrn 716 Bl H, s/n lj 36, Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Auto Centro Araújo
(61) 3447-6629
sclrn 706 Bl C, s/n lj 60, Asa Norte
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Auto Mecânica Campos
(61) 3465-2093
sofn qd 4, s/n cj F lt 17, Zona Industrial
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Auto Mecânica Chico Ltda
(61) 3465-2023
sofn qd 4, s/n cj H lt 11, Zona Industrial
Brasília, DF

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Pintura de carros

Fornecido por:



Brilho da pintura reflete o bom cuidado que o automóvel recebe.
Uso de xampu apropriado e cera automotiva requer cuidados.

Diz o ditado que todo brasileiro é louco por carros, mas nem sempre essa expressão reflete a realidade ao ver os automóveis em circulação nas ruas. A aparência geral do veículo muitas vezes fica desgastada com o passar do tempo e isso, invariavelmente, é resultado da falta de cuidado. Para manter seu carro com bom aspecto, a pintura é um dos itens que mais requer cuidado.

Quanto ao tipo de pintura do automóvel, existem basicamente três oferecidos pela indústria automobilística: sólida - cores básicas, como vermelho, preto e branco -; metálica, com aspecto metalizado; e a perolizada, resultado de um método mais aprimorado. A pintura sólida é a mais barata e a perolizada a mais cara. A escolha de algum tipo de pintura recai exclusivamente ao gosto de cada um. Os cuidados necessários para a manutenção são os mesmos.

O brilho da pintura reflete o bom cuidado que o automóvel recebe. Para que esse brilho perdure um bom tempo é preciso cumprir certos procedimentos, a começar pela limpeza da carroçaria. Lembre-se que a lavagem deve ser sempre à sombra e com a lataria do carro fria. Lavar com o carro ainda quente e sob o sol pode ocasionar manchas terríveis. Na lavagem, utilizar um xampu apropriado ou, na falta, sabão neutro. Porém, no corre-corre das grandes cidades quase não sobra tempo e o lava-rápido é a única opção. Prefira aqueles que não utilizam máquinas equipadas com escovas, pois as cerdas geralmente acumulam sujeira e isso pode arranhar a pintura.

O melhor mesmo é lavar o carro com água sob pressão, mas é bom saber que o jato d'água deve ser manuseado com cuidado para evitar alguns estragos. O início da lavagem deve ser na parte inferior do carro, onde se acumula a sujeira mais grossa. Salpicos de asfalto, vulgo piche, podem ser retirados com uma receita caseira, composta por uma solução de 95% de água e 5% de querosene. Essa solução deve ser aplicada apenas na região afetada com um pano macio.

Porém, sempre é bom lembrar que a pintura possui uma película protetora de cera. Ela garante a elasticidade da pintura, cuja principal função é a defesa contra as intempéries, assim é bom não exagerar na dose para assegurar a vitalidade dessa película. Depois lave de cima para baixo e, no final, lembre-se de enxaguar bem o veículo. Se sobrar resíduos, seja ele qual for, pode gerar manchas quando o carro estiver sob o sol, por isso também é importante uma secagem, que vai ajudar a dar brilho na pintura.

Com o passar do tempo a película protetora da pintura se dissolve, a cor fica opaca, sem vida. Então é necessária a aplicação de nova película para assegurar o brilho original da pintura. Entra aí a cera automotiva. Ela deve ser de boa qualidade, com pouco silicone em sua composição. A aplicação deve ser à sombra e com a lataria fria. Ao usar a cera polidora não deixe que ela entre em contato com as superfícies de plástico, pois causa manchas difíceis de remover. O ideal é que essa aplicação de cera seja feita a cada três meses ou na pior das hipóteses, duas vezes ao ano.

Polimento

Cristalização, revitalização ou espelhamento de pintura são procedimentos basicamente iguais, ou seja, polimento. Este deve ser feito por profissionais especializados e torna-se necessário quando a pintura perde o brilho. Isso pode ser conseqüência de oxidação ou falta de cuidados. É importante lembrar que a cada polimento diminui a espessura da camada de tinta. Portanto, deve-se fazê-lo em circunstancias especiais.

Pequenos arranhões, riscos ou batidas de pedra devem ser corrigidos com a maior brevidade possível, evitando que oxidem. Já para os amassados em que a pintura não sofreu nenhum risco e também não ocorreu deformação plástica acentuada, uma das opções nesses casos é o "martelinho de ouro", nome dado aos profissionais que efetuam reparos de funilaria sem que seja necessário a re-pintura da parte afetada. As vantagens são muitas, mas a principal é que se mantém a pintura original, o que é sempre um bom argumento na hora da venda.

O serviço de micro-pintura, para alguns arranhões mais profundos, só é indicado para carros com cores escuras, pois fica mais fácil de disfarçar o defeito.
Se precisar escolher uma oficina de pintura, saiba que um bom estabelecimento, assim como uma boa oficina mecânica, deve ser bem organizado, equipado e limpo. Essa é uma condição essencial. Obviamente que só isso não basta. Os profissionais que nela trabalham, devem ter experiência e conhecer bem o ferramental que dispõem. No caso específico da pintura automotiva, uma boa estufa é importante, para que se possa fazer reparações em dias úmidos ou chuvosos.

É bom lembrar que apenas a estufa não quer dizer boa pintura. Só para ilustrar, o Rolls Royce, cuja pintura era um exemplo espetacular, era pintado com 23 demãos de tinta e secava no tempo, portanto, de nada adianta ferramenta se não tiver profissionais habilidosos.

Dicas

- Procure sempre estacionar o veiculo na sombra;

- Não coloque detergente no reservatório do limpador do pára-brisa, pois pode manchar a pintura. Para essa finalidade existem produtos específicos;

- Quando for à praia, peça uma lavagem geral do carro no retorno. Não se esqueça de lavar por baixo, pois a salinidade é um dos fatores que mais prejudicam a pintura dos carros e originam pontos de ferrugem;

- Se o carro tiver uma mancha ocasionada por resíduos de concreto, aquelas manchas oriundas de um teto de garagem, por exemplo, ou mesmo sofrer um ataque de pássaro, corte um limão e passe-o em cima da área afetada que ajuda a tirar a mancha;

- Se tiver um adesivo na lataria e precisar removê-lo, faça isso com a ajuda de um secador de cabelos que o adesivo sai sem deixar vestígios. Mas, caso fique um pouco de cola na lataria, basta passar um pano embebido com um pouco de azeite que a cola sai.

Clique aqui para ler este artigo na Feirão Do Carro Usado