Maquiagem definitiva Guarujá, São Paulo

Encontre Maquiagem definitiva em Guarujá. Aproveite para saber mais sobre o assunto lendo nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre o mesmo.

Villa Centro de Estética
(15) 3275-1694
monsenhor soares 29
Itapetininga, São Paulo
 
ACUPUNTURA
(18) 3222-1202
Rua Quinze de Novembro, 1501 - Centro
Presidente Prudente, São Paulo
 
Estética & Bem Estar
(11) 4636-8722
Av. Vital Brasil,445
Poá, São Paulo
 
sala de massagem
16-8168813
av Duque de caxias 2019/206
Araraquara, São Paulo
 
Fst Leidiane Francine
(12) 8815-4041
r madre eulalia
taubate, São Paulo
 
D&A StressSolutions
(11) 8420-0092
São Paulo
São Paulo, São Paulo
 
depilaçao
(11) 9302-1042
avenida itaqui
barueri, São Paulo
 
Tiens do Brasil
11 4226-1327 8990-2943
Rua Rui Barbosa
São Caetano do Sul, São Paulo
 
Lajuh Perfumaria
(15) 8127-9178
Rua Odette Machado Pereira
Votorantim, São Paulo
 
Letícia Cunha
01930332046
Euclides Xavier De Lima 105
Limeira, São Paulo
 

Maquiagem definitiva

Fornecido por:

A praticidade de dormir e acordar maquiada sem ter o menor trabalho é um dos motivos do sucesso da maquiagem definitiva. Arrumar falhas na sobrancelha, realçar os olhos, tornar os cílios mais volumosos e contornar os lábios são outras vantagens da dermopigmentação.
A maquiagem definitiva é como se fosse uma tatuagem e é feita com um dermógrafo, aparelho com uma agulha (sempre descartável) na extremidade que perfura a pele, injetando assim, o pigmento desejado na região anestesiada.O grau de perfuração da pele (epiderme ou derme) muda de acordo com a parte do rosto e o tipo de maquiagem que se deseja fazer.
Passados 30 dias da primeira aplicação, alguns tipos de maquiagem exigem um retoque para fixar melhor a pigmentação e acertar a tonalidade.

Depois disso, a próxima sessão, geralmente, só é necessária após três ou quatro anos, variando de pessoa para pessoa.
A região que exige mais cuidado são os lábios, que por ser uma área muito vascularizada, sangram com a perfuração e incham...

Clique aqui para ler este artigo no Minha Vida