Novidades na área da demartologia Cuiabá, Mato Grosso

Evento mundial apresentou as novas técnicas da medicina dermatológica para antienvelhecimento, cosmiatria, cosméticos naturais, calvície, entre outros. Clareamentos: úteis para tratamento de melasma, que são manchas presentes no rosto, resultados de excesso de exposição ao sol sem proteção. Veja mais novidades no artigo abaixo.

Jubert Sanches Cibantos Filho
(65) 3623-4023
Rua General Neves 111
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Carlos Alberto A Maranhao
Av 31 - de Marco 889
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Henrique S Laboissiere
(65) 3623-2079
av das Flores, 843 s 34 Jardim Cuiabá
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dulciyara Lopes, Drª
(65) 3023-9001
Tv Léo Edilberto Griggi, 75 Goiabeiras
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Clínica Magno Cézar
(65) 3623-5122
av Pres Marques, 441 Santa Helena-Quilombo
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Magno Stefani Cezar
Av. Presidente Marques 437
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Cirurgia Plástica

Dados Divulgados por
Med K Prod e Serv Médico Hospital e Laboratorial
(65) 3626-3997
av José Rodrigues do Prado, 252 Santa Rosa
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Maria do Socorro Dra. Cirurgiã Plástica
(65) 3623-8521
r Cmte Costa, 1496 Centro
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Tiago, José S
(65) 3623-5986
r Cândido Mariano, 990 Quilombo
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
AR Distribuidora de Medicamentos e Produtos Hospitalares Ltda
(65) 3634-3637
av Pedro Pedrossiam,Gov, 388, Campo Velho
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Novidades na área da demartologia

Evento mundial apresentou as novas técnicas da medicina dermatológica para antienvelhecimento, cosmiatria, cosméticos naturais, calvície, entre outros.

O 66º Congresso Internacional da Academia Americana de Dermatologia 2008, realizado em San Antonio, Texas, em fevereiro, contou com a presença de dermatologistas de vários países. É neste evento, realizado todos os anos nos EUA, que as novidades em tratamento, técnicas e equipamentos são apresentadas. Presente a todos eles, Dr. Marcelo Bellini, dermatologista e professor da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Estética, destaca as novidades mostradas:

1) Clareamentos: úteis para tratamento de melasma, que são manchas presentes no rosto, resultados de excesso de exposição ao sol sem proteção, ou após gravidez ou após problemas hormonais. A novidade mostrada foi a utilização, como agente clareador, do Polypodium Leucotomos, extraído de uma planta de origem da América Central (espécie de samambaia). Ele aumenta a proteção da pele frente a exposição ao raio UV e, com isso, diminui a chance de aparecimento de manchas ou o clareamento das já existentes.

Além desse princípio ativo, associa-se com picnogenol, extraído de um pinheiro com excelentes propriedades antioxidantes e também preventivas na formação de manchas. E por último, contando com auxílio do Resveratrol, extraído da uva (polifenol da uva) antioxidante e ainda Coenzima Q10. Todos estes princípios, utilizados via oral, serão muito importantes na pré-formação da melanina.

Com relação aos clareamentos tópicos, utilizados na forma de cremes, foi lançado o Ácido Dióico, que diminui a produção de melanina e sua distribuição irregular desequilibrada nas células da epiderme.

Edelweis Complex: é uma das primeiras plantas a surgir no degelo. Tem grande efeito na diminuição da pigmentação, atuando como clareador onde existe a formação de melanina.

Niacinamida: (vitamina B3) Inibe a transferência de melanina produzida nas camadas mais profundas da pele (melanócitos) para as células da superfície.

2) Antiaging - Durante o evento, falou-se muito, também, sobre princípios ativos com efeito antiaging, sempre voltados para o conceito de antioxidação e redução da formação de radicais livres. São eles:

Ácido ferúlico: pontencializa o efeito da Vitamina C e Vitamina E; grande prevenção contra os danos causados pela radiação UV, reduzindo o dano do DNA das células, além de prevenir contra o envelhecimento. Tem propriedades que reduzem o vermelhidão, causadas pela radiação. Ele também tem ação antiinflamatória, além de prevenir a formação de radicais livres.

Coffee Berry: graças à associação de polifenóis com os outros antioxidantes, ele previne o dano celular da pele. È comprovado que o Coffee Berry é três vezes mais potente que o chá verde e um eficaz antiaging.

Ylquem extract: tem efeito antioxidante e antienvelhecimento muito superior a Vitamina C e E. Atualmente acredita-se que seja o produto que mais brilhantemente promova a renovação das células e antioxidação, com a proteína da longevidade.

Alpha longoza extract: é um mix de substâncias que são responsáveis pela redução da pigmentação e de rugas. Controla a renovação celular o que resulta num aspecto mais “fresh” e também estimula o colágeno tipo IV, o que confere mais firmeza e elasticidade à pele. (contém: Malva, Vitamina B, Soja, Vitamina E e outros derivados).

Ácido Hialurônico associado a saponinas: os trabalhos mais recentes evidenciam que o ácido hialurônico, na forma de creme, recupera o volume imediatamente. Já a saponinas estimulam a formação de glicosarinosglicanas (substância presente entre as células da pele), recuperando o volume, reduzindo as rugas de dentro para fora.

3) Novo conceito sobre antienvelhecimento: É conhecido como “Stem Cell” preservação. Cada organismo contém as “stem cells” ou células que têm potencial para se diferenciar das demais. Elas se preservam das ações do meio ambiente como a poluição e os efeitos da radiação solar. No envelhecimento, há uma diminuição destes reservatórios e, por conseqüência, sua capacidade de renovação e rejuvenescimento celular também diminui. Quando utilizamos Polipeptídeo 153 ( sequência de aminoácidos), este têm a capacidade de “acordar” e estimular os reservatório de “Stem Cells” que, logo, reduz as linhas finas, rugas e imperfeições da pele, deixando - a com aspecto mais macia, suave, tonificada e saudável. Enfim, a pele fica com aparência realmente mais jovem.

Imagine agora células produzidas a partir de células que são originalmente “fresh”, perfeitas, sem danos solares ou de poluição. É o que faz este princípio ativo, que já está disponível nos EUA em formulações, como: Amatokin, Strivectin-HS Serun e Rèvive PEAU Magnifique Youth Recruit. Estudos comprovam, após 12 semanas de uso: redução de 88% de rugas e aumento de 19% na densidade e firmeza da pele.

4) Novas aplicações para ácido hialurônico injetável (Restylane): resultado fantástico na redução de olheiras e aspecto de olhos encovados. Com massagem. Pode se injetado em pequenos volumes na região sobre o osso na parte inferior da pálpebra, o que reduz o aspecto arroxeado/escurecido desta região. Outra aplicação, que também é uma grande novidade, é voltada para região das sobrancelhas, na parte lateral destas. Injeta- se pequeno volume do produto para aumentar a saliência óssea, o que resulta na “abertura” do olhar, deixando-o mais luminoso, com a face mais expressiva.

5) Novo conceito para o envelhecimento: tridimensional: isto ocorre devido à perda do volume do rosto que é resultado da redução do colágeno, da gordura e ganho de flacidez com perda dos contornos e também por perda óssea.

Portanto, cria-se um conceito de 4R(s) do rejuvenescimento: A) relaxamento: por meio da toxina botulínica (Botox ou Dysport,) que relaxa a musculatura e reduz linhas e rugas;

B) Resurface: melhora o aspecto superficial da pele, deixando-a com textura e vitalidade, com aspecto “fresh”. Esta textura pode ser recuperada com peelings, fraxel, matrix, laser fracionado de CO2, que promovem uma agressão superficial à pele em pontos, deixando-a, então, com possibilidade de recuperação em tempo menor.

C) Reafirmar: recuperar o tônus, a flacidez. Os principais aparelhos são os que usam o laser infravermelho, que estimula a produção de colágeno, mudando os contornos. São eles: Titan, e Refirme ST.

Pode-se associar o Slcuptra (ácido polilático), que estimula a produção de colágeno. É uma novidade o Slcupltra que pode ser injetada mais profundamente, pois promove a recuperação da perda óssea por meio do estimulo de material ósseo.

D) Remodelar: o remodelamento é realizado através de preenchedores. A melhor opção é utilizar sempre pelos não definitivos, pois o envelhecimento é algo dinâmico. O remodelador pode ser aplicado nos lábios para aumentar o volume, restabelecer os contornos, bigode chinês, as olheiras e a angulação das sobrancelhas para "abrir o olhar". Atualmente são seguros e disponíveis: o ácido hialurônicos (Restylane, Perlane, Juvederm e outros) e o colágeno porcino (Evolence), que não apresenta riscos de alergia.

A combinação de todas as técnicas citadas acima visa buscar uma maior satisfação dos pacientes, pois sabemos que utilizando apenas uma técnica temos satisfação de 20 a 30%.

6- Anestésico tópico para procedimentos: Piaglis - novidade lançada no Congresso, além da lidocaína (anestésico já conhecido), a tetracaína, que potencializa o efeito e reduz a dor. Isso é possível, também, graças ao Veículo que, aplicado sobre o rosto, é, em seguida, retirado como uma máscara, saindo intacto. Logo, não é necessário lavar ou remover com gases. Este anestésico deve chegar em breve ao Brasil para reduzir os desconfortos nas aplicações a Laser, Preenchimentos, Peelings etc.

7- Calvície masculina: Segundo novos estudos, a Dustasterida mostrou ser cinco vezes mais potente do que a Finasterida, e com menos risco de redução de libido. Sabemos que a testosterona, hormônio masculino, ao ser transformando em DHT, provoca a queda ou miniaturização do fio, o que resulta em perda de volume. Quem faz essa transformação é uma enzima chamada 5 Alpha Redutase, com dois tipos distintos: 1 e 2. A Finasterida tem a capacidade de inibir somente o tipo 1; já a Dustasterida tem poder de inibir 1 e 2. Outra novidade com relação aos cabelos é que um estudo publicado recentemente mostrou que o shampoo à base de cetoconazol eleva a quantidade de folículo e tamanho destes, proporcionando um aumento de volume e redução da queda.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica