Novo tratamento para celulite e gordura localizada Manaus, Amazonas

Acaba de lancar um novo tratamento contra a celulite e a gordura localizada. A associação da carboxiterapia e da massagem redutora apresenta um resultado mais rápido do que quando as técnicas são aplicadas em separado. Veja mais no artigo abaixo.

João BL Botelho
(92) 234-5609
bc Ribeiro, 520, sl 705, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Wellington Sampaio
(92) 236-1672
r Acre, 31, bl 31 b ap 3, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
João LP Machado
(92) 232-4559
bc Ribeiro, 620, sl 203, Parque 10 De Novembro
Manaus, Amazonas
 
Paulo MG Lobo
(92) 633-1764
r Ramos, 89, São José Operário
Manaus, Amazonas
 
Antônio Lg Matos
(92) 236-7505
av C Nery, 2240
Manaus, Amazonas
 
Roberto O Mello
(92) 232-3915
r C Azevedo, 9, sl 206
Manaus, Amazonas
 
Luciana SM Vieira
(92) 233-1878
r Ferreira, 1297
Manaus, Amazonas
 

Novo tratamento para celulite e gordura localizada

Ao invés de disfarçar a celulite, o ideal é procurar um tratamento indicado, como a última palavra em técnicas que combatem a dita celulite, a flacidez e a gordura localizada - que acaba de chegar ao país.

Trazida pelo especialista André Borba, a associação da carboxiterapia e da massagem redutora apresenta um resultado mais rápido do que quando as técnicas são aplicadas em separado.

Método muito utilizado em outros países, a carboxiterapia é um procedimento sem contra-indicações. “O tratamento consiste na aplicação do gás carbônico puro (C02) de uso medicinal em doses que variam de 20 a 80 mililitros por minuto nas regiões onde há mais acúmulo de gordura”, explica dr. André Borba.

Segundo o especialista, o CO2 é um gás inodoro e, como o organismo está habituado a ele, não provoca alergia. O CO2 age na zona afetada pela celulite e se elimina completamente após algum tempo. “A carboxiterapia também estimula a formação de colágeno e de elastina ao longo das aplicações. É indicada para papada, gordura localizada (culote e abdome) e flacidez (interno de coxa e braço)”.

No entanto, o resultado do tratamento depende do grau de comprometimento da região e da quantidade de sessões a que cada pessoa se submete. “O ideal é fazer duas sessões semanais e num mínimo de 10 a 20 para obter bons resultados sempre sob orientação médica”, indica o especialista em Medicina Estética.

A outra coadjuvante da técnica combinada é a já conhecida massagem redutora. A técnica apresenta basicamente dois movimentos feitos com as mãos abertas e fechadas. O primeiro é realizado por meio do toque das mãos por inteiras, que percorrem todo o corpo para avaliar a circulação e o metabolismo. O segundo consiste na pressão com a ponta dos dedos em pontos específicos do corpo.

“Por meio de manobras manuais, a massagem mobiliza o tecido abaixo da camada de gordura ao retirar toxinas e romper fibroses”, afirma dr. Borba. Contra celulite, a redutora atua na dissolução de nódulos de gordura e na retenção hídrica. As sessões duram aproximadamente 45 minutos.

Clique aqui para ler este artigo no Guia da Plastica