Otorrinolaringologista Ipatinga, Minas Gerais

Encontre Otorrinolaringologista em Ipatinga. Aproveite para saber mais sobre o assunto lendo nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre o mesmo.

Rosangela de Fatima Soares
(37) 3222-0660
Av Antonio o. de Morais 545 - 1001
Divinopolis, Minas Gerais
Especialidade
Medicina de Tráfego

Dados Divulgados por
Maria Christina Matte Loyola
3261-4922
R Tome de Souza 860 - Sala 1308
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Alduir Bento
3291-2064
R Paracatu 838 - Sala 506
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Gustavo Decina Vieira
(31) 3232-0550
Joaquim Gouveia 560
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Sergio de Azevedo Naves
(33) 3277-7185
Barao do Rio Branco 681 - 2º Andar
Governador Valadares, Minas Gerais
Especialidade
Medicina Intensiva

Dados Divulgados por
Terezinha de Oliveira Ribeiro
(32) 3332-1165
Barbacena, Minas Gerais
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Arthur Ignacio Muzzi Lima
323-2115
R Ceara 186
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Maria de Lourdes Junqueira Rodrigues Melo
3274-3733
R Padre Rolim 491
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Alexandre Kaucher Darmstadter
3342-3722
R Abre Campo 406
Belo Horizonte, Minas Gerais
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Mario Paulo Cassiano e Paes
(34) 3214-6242
Eng. Diniz 238
Uberlandia, Minas Gerais
Especialidade
Medicina do Trabalho

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Otorrinolaringologista

Fornecido por:

O fone é companheiro fiel das suas orelhas (transmitindo suas músicas favoritas ou a conversa do celular). Nos finais de semana, o som rola no maior volume em casa ou nas festas. Isso sem falar na britadeira que resolveu trabalhar bem na porta do seu escritório , das buzinadas no trânsito... sentiu o drama? Nossos ouvidos são sensíveis e acabam expostos a muitas agressões no dia-a-dia , reconhece a otorrinolaringologista Tanit Ganz Sanchez, chefe do Grupo de Pesquisa em Zumbido pelo Hospital das Clínicas, em São Paulo.Os efeitos nocivos de tanto barulho são extensos, e não se restringem apenas à perda de audição como muita gente pode pensar. Dor de cabeça , perda de memória , dificuldades de concentração e de dormir são queixas comuns entre as pessoas que passam muito tempo sob ruídos em exagero , afirma a fonoaudióloga Isabela Gomes, do Centro Auditivo Telex.

O barulho provoca muita agitação, levando ao aumento na produção dos hormônios do...

Clique aqui para ler este artigo no Minha Vida