Aluguel de cães de guarda Brasília, DF

Antes de adotar um cão de guarda, confira qual é o suporte que ele deve receber. Entenda porque o adestramento adequado é fundamental para a segurança do dono e da vizinhança. Avalie também, as características das raças Rottweiler, Pastor Alemão, Pit Bull e outras.

canil macedo
61 33392898 61 98184999
shis conj 28 casa 35
brasilia, DF
 
Luiz F Lenzi
(61) 274-4331
r Scrn, 706, bl g lj 21
Brasília, DF
 
Antarctica Jacarezinho Distr Bebidas
(61) 354-0303
r Qi, 19, lot 27
Brasília, DF
 
Hospital Veterinário Francisco Zoo Hotel
(61) 346-1819
r Sais, 16
Brasília, DF
 
Golden Horse Clínica Veterinária Ltda
(61) 245-5357
r Sais, 12
Brasília, DF
 
Casa do Gato CLínica Veterinária
(61) 3965-4090
CLN 105, Bloco A, Loja 42
Brasília, DF
 
Ezildo Correia
(61) 366-4196
r Smdb Cj, 22, lot 2 a
Brasília, DF
 
Denise R Pontes
(61) 366-3503
r Shis Qi, 21, bl e lj 48
Brasília, DF
 
Lab Vet Laboratório e Assist Veterinária Ltda
(61) 272-2224
r Scrn, 714, bl c en 22 sl 201, Asa Norte
Brasília, DF
 
Dog Vet Consultório Veterinário Ltda
(61) 468-3437
r Shin Ca, 7, bl g lj 105, Lago Norte
Brasília, DF
 

Aluguel de cães de guarda

Editoria: Vininha F. Carvalho23/11/2005

Os cães de guarda .O que voce deve saber!

Para cada tipo de personalidade canina, existe uma função. Os cães mais extrovertidos, por exemplo, são adequados para servirem de cães de pista, aqueles que desempenham as funções de farejadores, necessários em ações de busca de drogas e perseguições. Cachorros mais observadores são usados para situações de ataque e defesa. A informação é da Polícia Militar, instituição na qual o cão de guarda exerce um papel de fundamental importância em operações policiais.

Renato Alves, policial responsável pelo canil da PM, diz que para uso militar são descartados tanto os cães covardes como os agressivos: "Buscamos o cachorro equilibrado", afirma. Para ele, um cão de polícia não pode ser agressivo porque vai conviver com ambientes tumultuados e barulhentos.

"Para o animal de polícia, não existe motivo para temer ou odiar pessoas estranhas. Para que sejam confiáveis e úteis na segurança da população, eles têm que ser dóceis e mansos, mesmo quando estão no meio de estranhos", explica.

O capitão Nelson Coelho, do Canil, alerta: "Quando se fala em cão de guarda, pensa-se logo nos cachorros da polícia: bem treinados, precisos no ataque e sob controle total do dono. No Brasil, a maioria não procura um treinador profissional para adestrar e sociabilizar o animal.

Poucos se preocupam com as características do cão antes de adquiri-lo. É comum acharem que o cão de guarda tem que ser muito bravo e deixam o animal preso o dia todo para não ficar amigo de estranhos. Os cães escolhidos para policiamento são opostos a estes. São os brincalhões e que apresentam maior capacidade de concentração durante o treinamento", afirma.

O adestramento dos cães que trabalham na polícia é permanente. O Pastor Alemão continua sendo o preferido da Polícia brasileira por ser forte e ágil. Com freqüência, há exibições para crianças, que comprovam que o cão bem treinado pode ser dócil e educado.

"O maior culpado nos acidentes envolvendo cães é sempre o dono", avisa o policial Carlos Alberto Mapeli. Segundo ele, os cães policiais, assim como os soldados, passam por avaliações periódicas. "Só podemos contar com aqueles que estão em perfeitas condições físicas e psicológicas", diz.

O que você precisa saber

∗ Analise suas possibilidades financeiras. Ao adquirir um cão, saiba que ele requer atenção na alimentação, higiene e saúde. Privar um animal desses cuidados pode levar o dono a responder judicialmente.

∗ Cão trancado significa cão revoltado. Leve-o à rua pelo menos uma vez ao dia.

∗ Se estiver em casa, não prenda seu cachorro com correntes, coleiras e focinheiras.

∗ Não deixe o cão solto na rua. Se ele ferir alguém, saiba que você responderá judicialmente por isto.

∗ Construa um canil em casa. Deixe o animal solto neste espaço.

∗ Consulte criadores e veterinários para conhecer as características de seu cão. E escolha um adestrador capacitado e com experiência reconhecida na área.

∗ Treine primeiro a obediência e guarda do cão e só depois o ataque.

∗ O treinamento não deve ser interrompido.

∗ Não se esqueça de colocar uma placa no portão de casa alertando sobre a presença de animal.
∗ Dê carinho na medida certa, jamais o trate como ser humano, pois isto faz com que você perca autoridade sobre ele.

Os cães de guarda mais utilizados no Brasil

Rottweiler - cão de guarda silencioso, discreto, extremamente eficiente e confiante. Tem enorme apego aos donos, relaciona-se bem com crianças, desde que sejam criadas juntas, e tem enorme facilidade para aprender e obedecer.

Pastor Alemão - obediente, leal, inteligente e afetuoso com seu dono e com crianças, são apenas algumas de suas qualidades. Com um corpo alongado, forte e musculoso, o Pastor Alemão é um dos animais mais corajosos de que se tem notícia.

Pit Bull - dotado de uma grande resistência física, cardíaca e respiratória, já que quando morde consegue continuar respirando, mesmo com a boca fechada, graças ao formato de sua arcada dentária. Apesar do potencial para ser um cão bravo, é dócil e amoroso.

Dobermann - cachorro muito ativo, enérgico e determinado. Muito ligado à família a que pertence. Um cão de guarda versátil e bastante resistente, sendo mais leve e aerodinâmico que o Rottweiler, mas sem perder a eficiência no seu trabalho.

Fila Brasileiro - cão robusto, forte e maciço, possui também um faro excelente. Procura insistentemente a companhia dos donos, tem extrema tolerância com as crianças e comportamento sereno, revelando segurança e confiança.

Mastin Napolitano - de boa índole e extremamente leal com os donos. Consagrado por exercer a função de cão de guarda de maneira bastante equilibrada. Sua cabeça é considerada a maior entre todas as raças caninas. Não costuma latir desnecessariamente.

Clique aqui para ler este artigo na Animalivre