Saiba como ser um bom gestor Macapá, Amapá

Um gestor deve estar preparado para mudanças, o autor cita a filosofia de Heráclito para ensinar administração. Compreenda quais são as posturas adotadas por líderes competentes. Entenda também, sobre planos de estratégia e comunicação.

JB Sousa Com e Serv
(96) 224-1676
psg Jovino Dinoa, 1709, cb, Laguinho
Macapá, Amapá
 
Caesa
(96) 621-1331
r Tancredo Neves SN
Laranjal do Jari, Amapá
 
Informa Pesquisas e Apoio Empresarial
(96) 224-1115
av Anhanguera, 49, Beirol
Macapá, Amapá
 

Saiba como ser um bom gestor

O filósofo Heráclito de Éfeso, já dizia em 500 A.C.: "Tudo flui, ..., nada persisite, nada permanece o mesmo".

De fato, em nossa vida a única certeza é a mudança.

Nenhuma outra ciência tem mudado tanto nos últimos anos como a GESTÃO. Estamos passando por um profundo processo de transformação no mundo da administração, em que conceitos tidos como mantras sagrados até bem pouco tempo atrás, agora não siginificam nada.

Estamos assistindo a criação de uma nova forma de fazer negócios - que tem que ser transparente, uma nova empresa - que tem que ser sustentável, um novo gestor - que tem que estar voltado a resultados no curto prazo, um novo líder - que tem que estar voltado a desenvolver pessoas, um novo profissional - que tem que ser flexível e um novo tipo de tarefa - que tem que inovar sempres.

 Desta forma, o profissional tem que manter sua mente aberta para aprender constantemente a às vezes reaprender as formas de se relacionar no trabalho ou até mesmo novas formas de executar este trabalho.

A seguir apresento alguns conceitos que se não são novidade, pelo menos estão alinhados com a gestão que é hoje praticada por empresas mais modernas e voltadas para o cliente:

Líder

Um líder não é escolhido porque sabe tudo e pode tomar qualquer decisão. É escolhido para reunir o conhecimento disponível e então criar os pré-requisitos para a realização do trabalho. Elabora os sistemas que lher permitem delegar responsabilidades para as operações do dia-a-dia.

O que se exige do executivo é um pensamento helicóptero - um talento
para sobrevoar os detalhes a fim de enxergar melhor a configuração do
terreno. A capacidade de compreender e dirigir as mudanças é crucial
para uma liderança efetiva.

Estratégia

Ningúem coloca a proposta de uma nova e completa estratégia sobre a sua mesa e solicita uma decisão sua sobre o assunto. É você quem deve colocá-la ali. E quando você utiliza sua percepção do negócio como um todo para formular a estratégia, é obrigado a recorrer a uma ampla gama de habilidades para alcançar uma série de objetivos.

Empowerment

Qualquer companhia que esteja procurando estabelecer uma orientação para o cliente e criar uma boa impressão precisa achatar a pirâmide - ou seja, eliminar os níveis hierárquicos de responsabilidade para ser capaz de reagir direta e rapidadmente às necessidades de seus clientes. A companhia orientada para o cliente deve ser organizada para a mudança.

A "gerência" é assim transferida da sala dos executivos para o nível operacional, onde cada um é o gerente de sua própria situação. Quando surgem problemas, cada empregado tem autoridade para analisá-los, determinar a ação apropriada e verifica, sozinho ou com a ajuda de outros, se tal ação foi executada.

Comunicação

Numa companhia organizada hierarquicamente, onde o chefe dá as ordens, cabe aos empregados compreender o significado destas ordens. O chefe só precisa ter certeza de que expressou a mensagem corretamente. Todavia, na empresa moderna, o líder precisa ir muito mais além, pois transmite uma estratégia a pessoas que tomam decisões de modo descentralizado e aplicam esta mesma estratégia geral a situações específicas. Mais do que simplesmente formular sua mensagem, o líder precisa estar certo de que cada colaborador entendeu e absorveu realmente o que foi transmitido. Isto significa que a abordagem deve ser invertida: é necessário considerar quais as palavras que serão melhor assimiladas pelo interlocutor e torná-las suas.

Bibliografia:
Carlzon, Jan e Langerström. A hora da verdade/tradução de Maria luiza Newlands da Silveira. Rio de Janeiro: Sextante, 2005.

Alexsandro Rebello Bonatto

Sou um profissional de finanças, professor de um curso de Tecnologia e sócio de uma empresa especializada em eduação corporativa.

Tenho formação em economia, especialização em economia e finanças e MBE em gestão empresarial.

Clique aqui para ler este artigo na Artigonal.Com