Técnicas para controle do estresse (MEDITAÇÃO) Cuiabá, Mato Grosso

A prática da meditação nada mais é que um exercício mental e pesquisadores revelam que começar com 15 minutos diários, já é suficiente para reverter problemas graves de ansiedade, medo, insônia, entre vários outros males.

Eliane Solange de Souza Pires
(65) 3617-1688
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Medicina de Família e Comunidade

Dados Divulgados por
Ângela Cristina Fanzeres Monteiro Fortes
(65) 3621-1806
r Dr Clóvis Corrêa Costa, s/n c 201
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Audimet Auditoria em Saúde e Medicina do Trabalho
(65) 3321-8725
r Des José Mesquita, 303 Araés
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Castro, Maria C D
(65) 3321-5658
r Br Melgaço, 2403
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Center Clin
(65) 3321-5658
r Br de Melgaço, 2403
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Naíra Domingos Sé
(65) 3322-2504
Rua Rua dos Líriosº 525
Cuiaba, Mato Grosso
Especialidade
Nutrologia

Dados Divulgados por
Antônio M Silva
(65) 3321-4451
r Joaquim Murtinho, 940 Centro Sul
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Cecan
(65) 3623-7032
Pc Do Seminário, 141
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Center Med
(65) 3023-6666
r Gago Coutinho, 359
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Cardioclin
(65) 3027-3040
r Joaquim Murtinho, 551
Cuiabá, Mato Grosso

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Técnicas para controle do estresse (MEDITAÇÃO)

.

"nós compramos os próprios problemas,

e pagamos caro por eles!"

Fábio Azevedo

A vida do homem sobre a terra sempre esteve diante de pressões que maltratam o corpo e a mente, no passado os problemas do dia a dia também faziam parte da vida, e os efeitos negativos do estresse, também prejudicavam o ser humano do mundo antigo.

As facilidades da vida moderna, muitas vezes são os dificultadores, que aumentam o nível do estresse, gerando uma carga acumulativa e perigosa.

Trânsito, celulares, internet, sites de relacionamento, necessidade de informação atualizada diariamente a respeito de tudo o que acontece no mundo, toda essa pressão que impomos à nossa vida, causam pontos fixos de contato com o estresse, como costumo dizer em minhas palestras, "nós compramos os próprios problemas, e pagamos caro por eles!", costumamos aceitar pressões que chegam de todos os lados, e terminamos jogando fora horas preciosas de nossa vida em prol de estar "atualizados" com modernidades muitas vezes voláteis e sem sentido; o mundo vende de tudo por que o ser humano compra qualquer coisa, mesmo sem precisar. A necessidade de possuir, de ter o que todos os outros também possuem, termina nos levando para um caminho consumista sem fim, não só financeiro, mas também intelectual e social.

Gastamos tempo e dinheiro com jornais e revistas em busca de informação que na maioria das vezes já estará desatualizada um ou dois dias depois, a cada dia surge alguém dizendo que tal coisa é imprescindível em nossa vida, e a partir daí, uma legião de consumidores começa a pressionar aqueles que ainda não aderiram ao novo modismo do momento. Não sou contra nada, pelo contrário, acredito que devemos sempre buscar informação, e estar atualizado é necessário, mas não creio que devamos ter tudo que todos têm, simplesmente pelo fato de ter e pronto. Nossa vida diária já é bastante atribulada, trabalhar, cuidar da família, estudar, tudo isso termina virando uma loucura, quando impomos à nós novas obrigações, e terminamos deixando que isso gere problemas que antes não existiam em nossa vida, se pararmos para calcular, a quantidade de coisas que não fazíamos a dez anos atrás, vamos ficar assustados com a carga virtual que é acrescentada em nossas vidas diariamente.

Tenho amigos que chegam a consultar o e-mail quinze ou vinte vezes por dia ou compram todas as revistas semanais do mercado, outros chegam ao cúmulo de terem três celulares, alguns entram em tantos sites de relacionamento que perdem tempo respondendo as mesmas coisas, ou colocando as mesmas fotos e frasezinhas em todos eles. Volto a dizer que não sou contra nada, principalmente os recursos da informática, mas sou a favor de uma utilização consciente, precisamos lembrar que nosso corpo necessita de descanso e nosso cérebro também! Pausas estratégicas durante o dia são uma excelente forma de diminuir o acúmulo dos efeitos do estresse, separe momentos para você, fique um pouco sozinho, e aproveite para organizar as idéias, dependendo do nível de estresse, muitas vezes é importante esvaziar a mente e não pensar em nada, viver simplesmente o momento presente, uma caminhada no quarteirão, ou uma paradinha na janela para olhar a paisagem, pode renovar suas energias em momentos conturbados do seu dia.

No oriente, algumas técnicas milenares, foram desenvolvidas, justamente para religar o homem com seu interior, e com isso minimizar os efeitos de um pesado dia a dia, sempre envolto por problemas diversos.

Há milênios, essa necessidade de buscar momentos de paz e de prazer pessoal é arduamente desenvolvida pelos povos do lado oriental do planeta, indianos, chineses, coreanos, japoneses, entre outros, já procuravam aliviar os prejudiciais efeitos do estresse através de exercícios físicos e mentais.

Aos poucos o ocidente tem descoberto que atividades como a meditação, por exemplo, pode ser uma grande arma contra os malefícios do estresse, e países como França, Alemanha, Estados Unidos e Brasil, vêm desenvolvendo estudos científicos sérios, catalogando os efeitos saudáveis da meditação.

Instituições como as universidades de Sorbonne na França e na Suíça, Universidade de Harvard, Universidade da Califórnia e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts nos EUA, comprovaram que o hábito de meditar pode reforçar o sistema imunológico, diminuir emoções como raiva, ansiedade e medo, auxiliar na produção de vários hormônios calmantes colaborando para diminuição dos níveis de estresse, além de aumentar a liberação orgânica de endorfina que é responsável pelas sensações de bem-estar, contentamento e alegria. A meditação contribui para eliminação da insônia, e melhora as conexões neurais de nosso cérebro, propiciando uma memória mais ativa e saudável, e ainda pode afastar o fantasma do infarto do coração e também diminuir os riscos de derrame cerebral.

A prática da meditação nada mais é que um exercício mental e pesquisadores revelam que começar com 15 minutos diários, já é suficiente para reverter problemas graves de ansiedade, medo, insônia, entre vários outros males.

A meditação é capaz de centrar a mente no momento presente, que segundo vários mestres orientais, é o que realmente importa. Segundo especialistas, meditando eliminamos os maiores problemas de nossa vida, que surgem quando adquirimos o hábito de remoer o passado e depender do futuro.

Sendo assim, viva o presente com toda intensidade, não gere anseios futuros e livre-se dos fantasmas do passado.

Na segunda parte deste artigo, falarei um pouco mais sobre técnicas meditativas, e como podemos incluir a milenar e saudável prática da meditação em nosso atribulado dia a dia, seja qual for sua atuação profissional.



 


 


Site do Autor


www.fabioazevedo.net


 


Blog do Autor


www.saladetreinamento.blogspot.com



 


 


 


Colunas 



www.saladetreinamento.blogspot.com/

www.administradores.com.br

www.ogerente.com.br

www.gestaodecarreira.com.br

www.rhportal.com.br/

www.wellnessclub.com.br

www.artigonal.com

www.artigos.biz

www.catho.com.br


 


Sobre o Autor

Fábio Azevedo é empresário, sócio-diretor da GT Editora, empresa do segmento editorial e de entretenimento para cinema e TV e Diretor Presidente da Fábio Azevedo Consultoria & Treinamentos, escritor, roteirista, palestrante e consultor de negócios na área imobiliária e de franchising.

Formatou sua carreira profissional na área de vendas com mais de 19 anos de experiência, artista marcial e seguidor da milenar filosofia Budista, é especialista em técnicas orientais focadas para a melhora da qualidade de vida, gestão e desenvolvimento humano nas empresas, maximização de resultados e ampliação de competências em vendas.

Ministra cursos e treinamentos nas áreas de atendimento ao cliente, vendas externas, vendas no varejo, estratégias de vendas, gerenciamento de objeções, motivação em vendas.

Professor da Escola do Varejo da Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL – Goiânia, para o Curso de Formação de Profissionais de Vendas para o Varejo.

Colunista e articulista de várias revistas, sites e portais na internet, sobre vendas, qualidade de vida, gestão, liderança, comportamento, franquias, marketing, estratégia, empreendedorismo e inovação. 

Artigos.com